terça-feira, 8 de junho de 2010

Faz bem ver a Espanha jogar

Já me posicionei em relação ao futebol que me encanta.
Quero ver Messi jogar, sofro pela recuperação do Robben, espero ver Gerrard conduzir a bola com cabeça erguida e sonho quando vejo a Espanha tocar a bola.
Que coisa linda!
Alguém vai tentar colocar neus pés no chão lembrando que foi contra a Polônia e é verdade.
Os poloneses não contam mais com Lato, Boniek ou até o Dudek no gol, mas a Polônia não é mais fraca que o Zimbábue ou a Tanzânia.
O amistoso de hoje valeu muito para Vicente Del Bosque. O treinador viu que Silva dá conta do recado se for preciso. Viu que Xabi Alonso é dono do meio de campo e continua sem errar passes, constatou que Pedro pode entrar a qualquer momento e ainda teve duas outras grandes notícias: Fábregas e Torres estão bem.
Fábregas, que vem de lesões, fez o quarto gol e Torres fez o quinto e rendeu bem, mesmo depois da cirurgia de abril.
Algo que prendeu a minha atenção foi o estilo. A Espanha põe a bola no chão e cria as jogadas.
Todos os gols foram trabalhados. Iniesta achou um cruzamento perfeito para o primeiro gol marcado por Villa.
O segundo saiu depois de 8 passes curtos e precisos, Silva concluiu.
Xábi bateu falta e fez o terceiro gol.
O quarto veio com mais um toque em profundidade para Fábregas e dele para o gol.
Torres fez o quinto, esbanjando vitalidade e velocidade de raciocínio na conclusão.
O último poderia ter sido de Torres, mas o goleirão cortou e proporcionou que Pedro fizesse por cobertura.
Fantástico! Muito bonito ver a Espanha jogar.
Não tenho inveja, despeito, nem nada contra eles.
Tenha apenas admiração e gratidão.

2 comentários:

Leo disse...

A Espanha é a melhor seleção do planeta.

Blog do Marra disse...

Fala, Leo! Eles estão jogando muita bola. Dá gosto de ver. Abração