quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Balanço português

Uma pesquisa foi realizada sobre o balanço financeiro dos três principais clubes portugueses de 2001 até 2009. Os resultados comprovam que o mercado português se tornou muito mais vendedor que comprador. O FC Porto obteve um belo lucro apenas com negociações de jogadores, enquanto que o Benfica teve um pequeno prejuízo nas compras e vendas de atletas. Vamos aos números:

FC PORTO
Os "dragões" movimentaram bastante o mercado português. As cifras obtidas a partir das vendas de jogadores são quase seis maiores que seus rivais locais. O total gasto pelo clube é de 150 milhões de euros e as vendas, no mesmo período, totalizaram 340,6milhões de euros. O lucro obtido, repito, apenas com negociações de jogadores de 2001até 2009 foi de 190,6 milhões de euros.
Na temporada de 2004/05 o FC PORTO investiu 29,6 milhões de euros e vendeu 81,8 milhões de euros. As transações mais caras envolveram o zagueiro Ricardo Carvalho, que foi para o Chelsea por 30 milhões de euros. Os blues compraram também Paulo Ferreira por 20 milhões de euros. O brasileiro/português Deco foi vendido por 16 milhões de euros para o Barcelona. Entretanto, a venda de Anderson para o Manchester United é a mais cara de todas. Ele foi vendido por 31,5 milhões de euros.
As aquisições mais caras foram:
Lucho Gonzáles - 10,2 milhões de euros
Benni Mccarth - 7,8 milhões de euros
Diego - 7 milhões de euros
Cristian Rodriguez - 7 milhões de euros.

SPORTING LISBOA

O time do brasileiro Liedson, o "levezinho", obteve um lucro total na venda e compra de jogadores de 32,7 milhões de euros. Cerca de seis vezes menos que o Porto.
As vendas totalizaram 87,9 milhões e as compras foram de 55,2 milhões de euros.
O ano do último título (2001) foi o ano que o clube mais gastou. Os "leões" investiram 10,8 milhões de euros.
2007/08 foi a maior fase de vendas. O clube vendeu 30,3 milhões de euros, foi neste período que Nani se transferiu para o Manchester United por 25,5 milhões de euros. Como curiosidade, a venda de Nani foi quase 10 milhões mais cara que a venda de Cristiano Ronaldo em 2003 (16 milhões de euros).
Os maiores investimentos dos "leões" foram:
Rodrigo Tello - 7 milhões de euros - chileno.
Jardel - 5,5 milhões de euros.

BENFICA

Os encarnados tiveram um saldo negativo no período de grandes lucros dos seus rivais. O Benfica vendeu 107 milhões de euros e comprou 138,4 milhões de euros. Um balanço negativo de 31,4 milhões de euros.
O maior investimento foi na temporada 07/08 - 34,5 milhões de euros.
A temporada com vendas mais volumosas foi a mesma (07/08) - 42,2 milhões de euros.
Outra coincidência, só que não no período e sim no atleta, envolve Simão Sabrosa.
Simão foi o atleta mais caro comprado e o mais caro a ser vendido. Em 2001/02 o clube desembolsou 12 milhões de euros por ele. Na temporada 07/08 ele foi negociado junto ao Atlético de Madri por 20 milhões de euros. O paraguaio Óscar Cardozo também representou uma aquisição das mais salgadas - 11,2 milhões de euros.

O número que mais assusta é o de jogadores envolvidos em negociações. Foram vendidos pelos três gigantes portugueses 79 jogadores, no entanto, os mesmo três grandes compraram 290 jogadores. Muitos deles foram dispensados sem qualquer tipo de contra partida financeira.

Podemos tirar algumas conclusões do balanção português:
O mercado é muito atraente para os outros grandes centros europeus. Portugal se tornou uma bela prova de fogo para os atletas. Caso o jogador se dê bem lá fatalmente ele rumará para um outro mercado na Europa.
O Porto é um grande negociador. Os dragões não estão querendo ganhar Liga do Campeões, Mundial, etc, o que importa é a soberania local. Através dela o mercado olha melhor para eles e eles fazem vendas, lucros.
Todo cuidado é pouco com o Benfica. O prejuízo nas negociações de jogadores pode indicar má gestão. Na hora de negociar vale a pena esperar o Porto.

Kun Agüero não está com nada!


O diário argentino Olé está fazendo uma enquete sobre quem deve ser o 9, o homem de área da seleção argentina. O atacante do Atlético de Madri está tomando uma goleada daquelas. Tevez também não está com a bola que pensa estar.
Segue a votação e os resultados parciais. Extraído do site do "Olé".
Atenção para o número de votos. Já são quase 180 mil computados.



SELECCION
¿Quién tiene que ser el 9 contra Perú y Uruguay?
(175306 votantes)



Carlos Tevez (13348)


7.6%
Martín Palermo (43438)


24.8%
Gonzalo Higuaín (82740)


47.2%
Sergio Agüero (4060)


2.3%
Diego Milito (31720)


18.1%


Martín Palermo está em segundo. Ele, que em poucos dias completará 36 anos, disse estar vivendo dias como uma criança e alimenta uma forte expectativa de ser convocado para a Copa da África do Sul. Será?

Foto- Herman Clauss. Diário Olé

A burguesia fede

Podia até ser encarado como apenas mais um videozinho, mas não é preciso um pouquinho de inteligência para fazer a opção correta e não permitir a exibição. A festa de aniversário dos 99 do Corinthians poderia ser "apenas" do Timão, com muitas homenagens a ídolos, gols, títulos, planejamento, aquela choradeira, etc., mas não foi só Corinthians que teve destque. Incrivelmente um videozinho (feinho, por sinal) foi exibido e nele um veadinho(bambi) passeava com a camisa do São Paulo e a pata "caída", um fácil deboche ao homossexualismo. Que bobagem! Que preconceito idiota! O pior de tudo é que a falta de inteligência, pudor e consciência de dirigentes acirra os ânimos que gente que, igualmente, não sabe pensar. O marginal que, muitas vezes, se veste de torcedor acaba saindo à caça de um "inimigo" e pode, estimulado pelas gozações dos adversários, fazer o mal a quem não tem nada a ver com nada e apenas trajava a camisa do time errado, estava no lugar errado e na hora errada. Ora! Enquanto isso o presidente do Corinthians, que não deve saber o que é andar pelas ruas, esperar ônibus, etc, atolado em seu ar condicionado, no máximo fica sabendo dos crimes e deve até ficar sensibilizado, sem ao menos refletir um segundo se teria participação no caso. É preciso que fique claro: Estamos vivendo dias de violência e qualquer deslize serve como motivo para marginais atacarem.
Entretranto, exigir raciocínio lógico e humanitário de gente assim é pedir demais.

Um paltite da rodada

O jogo entre Náutico e São Paulo marca a abertura da rodada.
Ainda não vou publicar os palpites da rodada completa, mas o de hoje...

Náutico x São Paulo
São Paulo- O jogo nos Aflitos sempre é muito difícil e representa muito para os dois clubes. O Náutico discute com os times da ZR a permanência na Primeira e o Tricolor busca a ponta de cima da tabela. No desespero o Timbu foi às compras e já utilizou Irênio e Bruno Mineiro na última rodada. Bruno pode acrescentar bastante, entretanto, Irênio não é competitivo o bastante para ralar a perna na reta final do Brasileirão. Acho que o São Paulo ganha e deve fazer lembrar os tempos de Muricy. Defesa trancada e bola alta na área do adversário.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Será que cabe?

Dunga tem seguido uma linha nas convocações para a seleção. Tudo indica que são poucas as dúvidas do nosso treinador. Um outro lateral esquerdo, o último atacante, o terceiro goleiro e só. Mais que resultados, o técnico conseguiu lutar contra uma rejeição e contra pressões para que outros técnicos ocupassem o cargo dele. Êxito nas duas batalhas! O que devemos lembrar é que 2010 tem Copa e perto da competição surgem mais pressões para que alguns nomes surjam na lista. Se lembra do clamor popular por Romário, na seleção do Felipão? Sempre alguém vai se achar injustiçado. 2010 vai ser o ano da maior pressão da história em favor de Ronaldo. Ronaldo é Ronaldo. Chamado, inclusive, de Fenômeno. O jogador que mais fez gols em Copas. Um marco, uma referência mundial. Será que Dunga vai convocar Ronaldo? Você consegue imaginar Ronaldo quietinho no banco de reservas? Vale a pena convocar e carregar um peso assim? Na miha opinião o clamor por Ronaldo será ainda maior que o da época do Romário, o treinador vai resistir?

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A hora do pesadelo


Reta final! A turma de cima faz contas com muitas expectativas. A turma de baixo pega a calculadora com uma mão e com a outra carrega um terço. Segue uma análise dos últimos jogos da turma de baixo. É muita emoção.


Náutico
6 jogos em casa
3 confrontos diretos para escapar. Um em casa e dois fora.
3 jogos contra os 5 lá da frente da tabela e os 3 são seguidos. SP, Int e Palmeiras.

Botafogo
7 jogos em casa
1 confronto direto para escapar. Em casa contra o Náutico.
5 jogos contra os 5 lá da frente da tabela.

Santo André
6 jogos em casa
2 confrontos diretos para escapar. Dois em casa.
3 jogos contra os 5 lá da frente da tabela.

Fluminense
6 jogos em casa.
2 confrontos diretos para escapar. Dois fora de casa.
3 jogos contra os 5 lá da frente da tabela.

Sport
6 jogos em casa.
2 confrontos diretos para escapar. Um em casa e outro fora.
4 jogos contra os lá da frente da tabela e três são nas quatro últimas rodadas.


Considerei confrontos diretos os jogos entre os 5 de cima.

O antigo segredo que ainda dá certo

Em 2003 o Cruzeiro foi campeão brasileiro com muita tranquilidade. O time tinha no seu meio de campo muita pegada e boa saída de bola. Augusto Recife marcava perto da zaga. Maldonado fazia o volante pela direita e Wendel era o secretário do Leandro, pela esquerda. Responsável por trazer o imponderável a campo, Alex regia o time, alimentava o ataque e ainda marcava muitos gols. Era o losango em campo. Uma ponta, a mais defensiva, com Recife. Pelos lados estavam Maldonado, na direita, e Wendel, pela esquerda, na outra ponta da figura geométrica estava Alex. O losango é responsável por um conflito na cabeça de treinadores, comentaristas e jogadores. A luta é para descobrir qual a melhor formação de meio campo. Outra figura geométrica muito utilizada é o quadrado. Em campo o quadrado representa dois volantes próximos e dois armadores lado a lado a lado. Qual desenho é mais eficiente? Os dois, ou, nenhum deles! Quem faz o desenho saltar do papel, criar vida e marcar gols são as peças, os personagens que representam vértices, pontas, etc. Gosto de um meio com muita pegada e muita posse de bola, aí entra a preferência pessoal. Para valorizar a posse de bola e roubar a "pequena" estou inclinado a preferir o losango. Entretanto, para que o esquema se torne vencedor é necessário que os dois volantes, o da direita e o da esquerda, assim que recuperarem a bola, deixem de ser volantes, roubadores de bola e passem a assumir uma postura mais ofensiva. É como se trocassem de roupa, de fantasia. Largam a armadura de volante e vestem uma roupa mais leve para participarem ofensivamente, criativamente do jogo.
O Atlético, no jogo contra o Santos, foi assim. Jonílson foi o primeiro volante. Ladrão de bola, deu bico pra fora, fez cara feia, fez o trabalho sujo, e, em alguns momentos fez até com boa categoria. Márcio Araújo, fez o volante pela esquerda. Chamou Thiago Feltri para o jogo, teve boa condução e bom passe, gastou a bola pelo lado esquerdo. Pela direita quem jogou foi Corrêa, facilitado pela boa presença de Carlos Alberto pelo setor. Com as mesmas características de Márcio, Corrêa ainda sente a falta de entrosamento, no entanto, compensou com boa técnica, boa disciplina tática e bons passes. Faltou o 10! Faltou o homem de aproximação, voltando no tempo, faltou o Alex. Embora eu saiba que talentos como aquele 10 estejam em extinção. Evandro foi o responsável, ele exerceu a função e foi muito bem. Boa movimentação, apareceu bem perto dos homens da frente e até fez gol. É preciso destacar que Evandro permite que os volantes saiam bem para o jogo. Ele fecha bem, volta bem e até diminui os espaços do adversário. É como se fosse um losango com a ponta um pouco recuada.
O segredo de muitos times é o meio. O meio ganha e perde jogos, dá mobilidade, dá pressão, retém a bola, rouba a bola e distribui com velocidade. A exibição do meio atleticano contra o Santos foi muito boa. Se o Galo mativer a pegada e qualidade na organização a torcida vai ter alegrias. O duro é a manutenção em um padrão elevado como o do jogo contra o Peixe.

domingo, 27 de setembro de 2009

Galo foi muito bem

Ganhar do Santos sempre tem uma dimensão maior que algumas outras vitórias. O Galo ganhou e ganhou bem, com autoridade. É necessário destacar a qualidade do futebol apresentado por vários jogadores alvinegros e chega a ser difícil separar dois ou três, o Galo, num todo, foi muito bem.
A estreia de Carini, em casa, foi tranquila. Ele mostrou qualidade na saída de gol na bola alta para a área. A volta de Jonílson ao time deixou claro que ele é muito útil ao time. Um verdadeiro ladrão de bola, um carrapato na marcação. O meio, inclusive, foi o grande destaque da equipe. Jonílson marcando perto da área. Corrêa pela direita e Márcio Araújo pela esquerda, todos muito bem. Auxiliando na recuperação da bola e aparecendo para o jogo ofensivo. Éder Luis e Tardelli foram muito bem também, dando o tom da velocidade e técnica pra cima da defesa pesada e lenta do Santos. O placar foi justo e o Galo coloca distância entre ele e o Grêmio, a briga pela Libertadores está os cinco primeiros.

Todos querem limites


Uma vez entrevistei uma psicóloga que ilustrou a relação pai e filho e a necessidade de limites e amor de uma forma muito clara para mim. A ilustração dela era de uma casa com móveis, moradores, etc. a única diferença para as outras casas normais é que, naquela, não existe paredes. As paredes quem deve colocar são os pais, ou os que querem alguma ordem na relação. O artilheiro alemão Mário Gomez, que agora defende o Bayern, saiu reclamando de campo duas vezes nos últimos jogos. Mais que depressa, Rummenigge - ex-craque e presidente do Bayern - colocou as paredes e espetou o atacante falando que não tem nada que reclamar, tem é que se dedicar mais. Bem ao estilo alemão, o cartola tratou de marcar seu território. O fator complicador é que para colocar as paredes (limites) é necessário ter história e postura. Rummenigge não é falastrão e foi um craque da seleção e do próprio time. Quando ele fala todos ouvem e a palavra dele tem valor e peso. Veremos, a partir de agora, como vai ser o comportamento do atacante e do time, de Rummenigge o que se espera é que ele mantenha a postura.

Foto: Rummenigge em ação pela seleção.

sábado, 26 de setembro de 2009

O que está em jogo?

O Cruzeiro deve escalar Kleber no ataque ao lado de Thiago Ribeiro, contra o Barueri. Certamente, Kleber é mais jogador que todos os outros atacantes do Cruzeiro, mas isso não vem ao caso. Na minha opinião Kleber só vai jogar para não perder o valor em uma futura negociação, entretanto, vale a pena? Ele é confiável? Adilson Batista é que tem que descarcar o abacaxi. Tomara que Kleber entre em campo apenas para jogar futebol. Jogando bola ele é bom, ou, muito bom. Infelizmente, o que parece estar valendo é muito mais o jogador que a história do Cruzeiro na competição.

Coluna do SUPER de amanhã


Artilharia vale como passaporte

Diego Tardelli foi convocado novamente para defender a seleção brasileira, o que não quer dizer que a vaga para a disputa da Copa já seja dele. Longe disso. De todos os convocados para o ataque ele é o menos badalado e o mais questionado. O jogo de hoje pode ajudar Diego a caminhar rumo a África do Sul. Se ele arrebentar, marcar gols e participar ativamente da partida a tendência é que ele mude a imagem que ainda tem. Tardelli surgiu como um atacante talentoso. Aos poucos, foi deixando a fama “jogar” mais que ele. Rodou, feriu a imagem, ganhou rótulo e no Atlético deu a volta por cima. Entretanto, sempre alguém sugere que irregularidade dele não inspira confiança. Só ele pode dar a resposta. Não adianta ser o artilheiro do Atlético e não basta ser artilheiro do Brasil, atacante de seleção tem que provar jogo a jogo. O mesmo ocorre nas outras profissões. Todo dia temos que fazer um pouco mais que ontem. Caso Tardelli marque gols a chance é boa até de vermos o artilheiro alvinegro na ponta da tábua de artilheiros, já que Adriano e Jonas jogam fora de casa e contra adversários muito duros. Assim como diz o narrador Osvaldo Reis, o Pequetito, se Tardelli fizer gols, Dunga falará: “vai que eu tô te vendo!”


Reflexão- O caso Kleber serve para repensarmos valores. O clube precisa de ídolos, entretanto, o ídolo deve saber reconhecer o valor do Clube. Todo jogador tem o direito de sair, passear, namorar e todo patrão deve deixar claro qual conduta espera dos seus empregados. O clube deve ser a prioridade. Paga bem e merece e exige reciprocidade.

Argentino- A classificação do campeonato argentino mostra Estudiantes e Rosário liderando e mostra também a decadência de Boca e River. O Boca ocupa o 13º lugar com apenas uma vitória em cinco jogos. Já o River, que também venceu apenas uma, está em 15º, com três derrotas em cinco jogos. Já é hora de parar de jogar com a fama e resgatar a tradição.

Fora de casa- Em situações opostas Tupi e Uberaba pegaram a estrada para decidirem vaga na C, em 2010. O Tupi conseguiu a vantagem, entretanto, o jogo contra o Macaé já foi e será muito duro. O Zebu perdeu em casa e vai precisar bater o Alecrim, em Natal. Já foi difícil viajar, no entanto, já viajou e pode conseguir a vaga.

Reforços- Já tem sido badalado e o Cruzeiro deve ter Fernandinho e Rafael Coelho em 2010. São dois bons jogadores que vão saber dar valor ao clube. Defender a camisa do Cruzeiro, para eles, é uma honra e jogador com talento e brilho nos olhos costuma dar resultado. Economicamente é mais barato, disciplinarmente mais confiável e até para o grupo pode ser melhor.

Foto: O maior Pequetito do Brasil. O homem do "vai que eu tô te vendo!"

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O novo tango de Diego

Saiu a convocação da Argentina para os jogos contra Peru e Uruguai. Os jogos são decisivos e os "hermanos" correm risco de não participarem da Copa em 2010. Assustei um pouco quando não vi o nome de Xavier Zanetti. Sei que ele já não é mais o mesmo, entretanto, ele é muito bom. Dando sequência à série "Não é mais o mesmo", Aimar, que foi convocado depois de um tempão, nunca teve mais que a fama. Para evitar quedas nas comemorações, Dátolo, que fez um golaço contra o Brasil, também está fora da lista. Maxi Rodriguez, que joga muito, mas não está bem nem no Atlético de Madri, não foi chamado também. Outros que ficaram fora da lista foram: Carrizzo, Gago e Lizandro Lopes.
Surpresas? Além de Aimar, Higüaín, Zabaleta e Insúa. A convocação de Insúa pode colocada na conta da contusão de Fábio Aurélio, no Liverpool. É certo que Insúa foi até capitão nas seleções de base, entretanto, também é certo que ele é muito normal.

Segue a lista completa:

Goleiros: Sergio Romero (AZ Alkmaar-HOL) e Mariano Andújar (Catania-ITA).

Defensores: Fabricio Coloccini (Newcastle-ING), Nico Pareja (Espanyol-ESP), Pablo Zabaleta (Manchester City-ING), Emiliano Insúa (Liverpool-ING) e Gabriel Heinze (Olympique de Marselha-FRA).

Meio-campistas: Jonás Gutiérrez (Newcastle-ING), Javier Mascherano (Liverpool-ING), Angel Di María (Benfica-POR), Pablo Aimar (Benfica-POR) e Lucho González (Olympique de Marselha-FRA).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona-ESP), Ezequiel Lavezzi (Napoli-ITA), Carlos Tevez (Manchester City-ING), Diego Milito (Inter de Milão-ITA), Sergio Agüero (Atlético de Madri-ESP) e Gonzalo Higuaín (Real Madrid-ESP).

O Inglês de Ancelotti


Dos quatro primeiros apenas o Liverpool joga em casa, mas todos têm boas chances de pontuar. A parte de baixo da tabela deve ganhar mais ânimo, já que o Portsmouth deve "estrear" no campeonato.

Portsmouth x Everton
Portsmouth- O Everton conseguiu subir na tabela, mas terá um ano abaixo dos anteriores. Precisando participar do campeonato, o Portsmouth vai na pressão pra cima e deve vencer.

Stoke x Manchester United
Manchester- O Stoke vai pressionar, o arremeso lateral vai continuar perigoso, no entanto, quando a bola ficar no chão e nos pés certos, vai prevalecer a maior categoria e técnica.

Liverpool x Hull
Liverpool- Tem sido um pouco complicado jogar em Anfield contra equipes que não saem para o jogo, o Hull dificilmente vai sair. Entretanto, pare e veja os elencos. Não tem comparação! Fábio Aurélio já voltou e Rafa foi habilidoso com Riera e Babel querendo jogar. Dá red!

Wigan x Chelsea

Cheslsea- Esquece! É melhor secar em uma outra oportunidade. É verdade que contra os times mais fortes o Chelsea joga mais, entretanto, mesmo no último minuto, o time de Ancelotti ganha.

Blackburn x Aston Villa
Villa- A partida pode tirar os rovers da ZR, mas o Villa é bom e bem treinado. Caso perca a partida a quarta posição também deverá escapar. Será um jogo difícil, mas dá Villa.

Birmingham x Bolton
Birmingham- É o famoso jogo de seis pontos. O Birmingham tem 7 pontos e o Bolton tem 4, entretanto, em casa a vantagem tende a subir.

Tottenham x Burnley
Tottenham- O Burnley chegou. Já tem 9 pontos, entretanto, em casa o Tottenham não deve se abater com os últimos resultados e dá a volta por cima.

Fulham x Arsenal
Empate- Clássico londrino. O Fulham não tem sido o mesmo time do ano passado, está na 14Oo posição. Os gunners têm que buscar o resultado, mas vão enfrentar cara feia e pegada.

Sunderland x Wolverhampton
Sunderland- O Sunderland tem feito uma campanha agradável em 2009/10 e os wolves também, é jogo duro! Deve prevalecer o fator casa.

Manchester City x West Ham
Manchester City- Mesmo sem Adebayor o City é muito melhor. Fez um jogaço e perdeu na última rodada e tem a obrigação de ganhar. Bellamy continua muito bem. Os hammers tem força e bola alta. Diamanti foi elogiado, mas não vi tanta coisa assim no italiano. Se perder o West Ham deve entrar na ZR.


Foto - Globo Esporte.com - Técnico Carlo Ancelotti, Chelsea

Palpites da rodada do Brasileirão

Os cinco primeiros jogam em casa, o que pode sugerir alguma vantagem. Entretanto, O São Paulo tem um clássico contra o Corinthians, O Atlético tem um Luxemburgo pela frente, o Inter encara o Flamengo em crescimento e o Goiás pega o Grêmio, que é pedreira. Vantagem? Só para o líder, que faz o dever dentro e fora de casa e pega o intrigante Atlético Paranaense, em casa.

Barueri x Cruzeiro
Cruzeiro- O Barueri é um bom time. Muito rápido e envolvente, entretanto, o Cruzeiro vem jogando bem. O time melhorou e só não ganhou você sabe, né? Se o Barueri sair para o jogo vai tomar gols.

Palmeiras x Atlético PR
Palmeiras- Há quem diga que o Palmeiras não está tão bem em casa, pode até ser, mas ganha. O Furacão tem marcado muito, o esquema prioriza a pegada e a saída em velocidade, contudo, no Palestra...Palmeiras.

São Paulo x Corinthians
Empate- Jogão! Dois times que não dão espetáculo, mas um não pode perder para o outro de jeito nenhum. Vai sair faísca.

Coritiba x Náutico
Coritiba- O Coxa perdeu a última, no entanto, criou oportunidades no início e não acertou o alvo. Contra o Náutico o esquema é Couto Pereira lotado empurrando e o Náutico fechado. Tuta e Irênio devem estrear, o que torna o Timbu mais lento e mais técnico.

Goiás x Grêmio
Empate- Jogo muito duro! O Goiás não tem uma defesa técnica e o Grêmio encolhe fora de casa, entretanto, marcar gols nos gaúchos tem sido tarefa árdua. Acho que será empate, talvez sem gols.

Fluminense x Avaí
Avaí- Pá de cal! O Fluminense corre o risco de se atirar ao ataque e pode ser surpreendido. O Avaí é muito frio e rápido.

Inter x Flamengo
Empate- Jogaço! Na teoria o Inter é favorito, entratanto, o Flamengo vem crescendo e mostrando harmonia. Se Adriano não jogar o jogo passa a ser mais do Inter, com ele e Pet em campo o Flamengo crsece.

Atlético x Santos
Atlético- O Santos vai para o jogo fechado e tentando impedir a velocidade do Atlético. Acredito que será difícil sair muitos gols, embora acredite no maior conjunto atleticano.

Botafogo x Vitória
Vitória- Pá de calII! A tendência é o Botafogo acreditar e sair com força, o Vitória sabe jogar fechado e sair rápido. O Engenhão pode funcionar com mais pressão.

Sport x Santo André
Sport- Se der empate será o episódio III do clássico "pá de cal" já visto nesta edição. A posição do Sport ainda me surpreende. Não consigo achar o time fraco.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Burrito de volta

Às vezes penso que Maradona se meteu em confusão e muitas outras vezes eu penso que a Argentina se meteu em um rolo inacabável. Fora das datas separadas pela FIFA para amistosos internacionais a AFA marcou um jogo contra Gana e, como não pode chamar "estrangeiros", Diego Maradona convocou Ariel Ortega. Já com 35 anos e afastado da seleção desde 2003, Burrito, acredito, deve ter encarado a convocação como um prêmio e nada mais. Nos bons tempos, Ortega era um jogador rápido e que jogava muito com posse de bola. Já com 35, como será Ariel?

Sai amanhã em O TEMPO

A seguir cenas do próximo capítulo



No início a relação era de intenso amor entre Kleber, a diretoria e a torcida. Mesmo errando e sendo expulso, a torcida ofereceu a mão e perdoou o explosivo atacante. Os gols, o título estadual e as jogadas encantavam cada vez mais e as camisas 30 e 25 passaram a vender muito. A abertura da janela trouxe uma insegurança sobre a sua permanência, até que ele mesmo decretou o Dia do Fico, a paixão só aumentava. A relação balançava quando ele assumia seu outro amor, mas era coisa do passado. Entretanto, quando o rendimento em campo caiu e a contusão o afastou, Kleber se perdeu. Entusiasmado com as palavras do amor antigo, o atacante flertou com o Verde, e, se dizendo arrependido, foi novamente perdoado pelo Azul. No entanto, a relação já apresentava algum desgaste e diante do previsível, Kleber, que voltava de contusão, não jogou bem e foi vaiado. Qual a próxima cena da novela? Até onde vai a trama? Ora! Kleber é livre e não existe discussão, mas será que valeu a pena trocar o certo por aquele que não investiu nele antes? A moral da história de amor entre um atacante e duas cores fanáticas é que o artilheiro não foi inteligente. Tivesse ele pensado um pouco mais, certamente valorizaria quem o valorizou muito mais.

“A relação já apresentava algum desgaste e diante do previsível, Kleber, que voltava de contusão, não jogou bem e foi vaiado”

Ricardinho- O que o novo contratado pode oferecer ao Galo? Técnica, experiência, visão de jogo e muito mais. Entretanto, é necessário pedir paciência ao torcedor. A preparação física e o ritmo de jogo fazem muita diferença e Ricardinho estava jogando em um centro menos qualificado que o futebol brasileiro, ele terá que se ambientar novamente com o nosso futebol.

Sequência- Caso o Atlético confirme o mando de campo nos dois próximos jogos, a posição na tabela pode ficar muito boa. Entretanto, o Santos, que não conseguiu engrenar, é um bom time e tem um comando qualificado. A presença marcante de público no segundo jogo vai depender muito do resultado do primeiro.

Arbitragem- O Cruzeiro acabou de sair de uma péssima arbitragem de Evandro Roman e teve a notícia de que Djalma Beltrami apitará o jogo contra o Barueri. Beltrami é um árbitro enérgico, entretanto, também erra muito. Ele tem como marca registrada o fato de ter trabalhado na famosa Batalha dos Aflitos, entre Náutico e Grêmio. É sempre bom ficar de olho no apito.

Inglaterra- O dia 14 de novembro marcará o encontro de duas belas seleções nacionas no Catar. Brasil e Inglaterra representam escolas e estilos diferentes, cada um com a sua beleza. Não existe como comparar um desconhecido jogador estoniano a craques como Gerrard, Lampard e Rooney. O amistoso promete e serve como teste para as duas seleções.

Pontualidade Brasileira

A convocação da seleção brasileira deveria sair às 15 horas. Não sou radical com horário, no entanto, são 15:20 e preciso sair e a CBF não se manifesta. "- Olá! Estou atrasado e convoco amanhã!" Sei lá, só quero que cumpra o que prometeu.

Palmeiras sai com moral

Na minha visão o árbitro não teve peito para apitar, pelo menos, dois pênaltis. Entretanto, o time de Muricy Ramalho mostrou muita disposição, fibra, entendimento de jogo e garra. Nos dois vestiários climas diferentes. O Cruzeiro teve Eduardo Maluf reclamando e o Palmeiras sai fortalecido. Alguém pode lembrar dos erros da arbitragem, no entanto, nesses momentos o grupo se une mais e mais. Na disputa pela ponta da tabela os três pontos distanciam o Palmeiras e na disputa da competição emocional o Palmeiras ganha mais e mais força para a sua caminhada.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Algumas do Cruzeiro

Tudo indica que em 2010 o Cruzeiro pode ter um atacante bem aberto pela esquerda e um outro atacante que oferece força e técnica. Estou falando de Fernandinho e de Rafael Coelho. O canhoto que se destacou jogando pelo Barueri é considerado um ponta "das antigas", já Rafael Coelho trabalha bem na área, tem força e faz gols. Como curiosidade, Rafael Coelho foi treinado por Rogério Micale (técnico dos juniores do Atlético) e foi campeão da Taça SP.
Os dois jogadores devem ser comprados pela Traffic, que repassará os atletas ao Cruzeiro no início de 2010.

Premiação
Caso o Cruzeiro vença o Palmeiras e comece a perceber que as chances de classificação à Libertadores são reais, a diretoria deve oferecer uma premiação maior ao grupo de jogadores. A premiação pode ser por meta em 5 jogos, dependendo da situação. O Cruzeiro acredita que pode chegar e vai trabalhar para isso, entretanto, o jogo é encarado como um jogo chave para as pretensões azuis.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Precisava ser assim?

O jogão da rodada normalmente envolve o líder da competição, na atual rodada do Brasileiro a situação se repetiu, ou seja, o olhar principal já estava no jogo entre Cruzeiro e Palmeiras. Para acentuar mais ainda a expectativa, o jogo foi separado dos outros e se tornou um jogo isolado. Parando por aí já estava bom. Entretanto, Fabrício resolveu falar que Diego Souza é violento e Diego Souza decidiu externar que não vai entrar leve. Para por aí que já está muito! Com os trabalhos mais fortes no DM, o Cruzeiro foi, aos poucos, tendo seus jogadores liberados, o que motiva mais o jogão. Até que no domingo Kleber, ex-Palmeiras, resolveu dar uma esticada em um evento da torcida do adversário. Depois de ficar 5 jogos afastado, ele bateu uma pelada com os palmeirenses. Quer mais pimenta? A torcida é a principal rival da maior torcida do Cruzeiro. O jogo que era para ser um jogo muito aguardado se tornou um jogo com uma atmosfera desnecessária de tensão. Repito: precisava ser assim?

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

C de campeão, C de Coelho


O Independência novamente estava lotado. Era mais dia de festa para o torcedor americano. Depois de bater o Brasil e o Guaratinguetá, chegara a hora de confirmar o título contra o ASA de Arapiraca. Tudo conspirava a favor do América. A arquibancada estava bonita, a imprensa acompanhou e o nome mais falado naquela tarde era "Coelho, Coelho!". O esqueleto tático estava lá: Flávio, Wellington Paulo, Leandro Ferreira, Moisés e Bruno Mineiro. Faltavam Euller e Luciano, no entanto, o escudo estava lá. Sem esbanjar sua força, pelo contrário, aparentando fragilidade física, Givanildo estimulava, gesticulava, falava, conversava, aplaudia e regia. O tom era dado por ele. "Gosto de time que todos joguem", ouvi da boca do treinador o segredo da equipe. Parecia que seria oferecido ao torcedor apenas o título sem o sabor do grito de gol. Parecia, só parecia. Para transformar o "quase" em sorriso, o gol da vitória saiu no final da partida.
Gritos e sorrisos. Alguns cederam espaço para as lágrimas que escorreram de todos os lados. Lágrimas justas. Muitos ouviram indignados a vida inteira uma perguntinha bem sem graça: "Você torce para o Atlético ou para o Cruzeiro?" Chegou o dia de engrossar o coro e soltar o grito de "Coelho, Coelho!"

Foto - superesportes

Cavalieri terá outra chance


Não é fácil ser goleiro brasileiro fora do país. Entretanto, o momento é bom. Júlio César, Doni, Gomes, Helton, Diego Alves e Renan são alguns bons exemplos de titulares que contam com apoio das suas torcidas. Andrey, atual reserva de Fábio no Cruzeiro, não viveu bons momentos na Romênia e Diego Cavalieri se tornou eterno reserva de Reina no Liverpool. Com o excesso de jogos e competições do Liverpool, amanhã, Diego Cavalieri será o titular do gol red e Pepe Reina será poupado. O jogo é válido pela Copa da Liga Inglesa e o encontro contra o líder da terceira divisão pode parecer fácil, no entanto, só aumenta a responsabilidade do goleiro brasileiro. O Leeds joga a vida e até agora na temporada o time não conheceu derrotas, foram 7 vitórias e 1 empate. Ano passado, pela mesma competição, Diego Cavalieri foi mal no jogo contra o Tottenham e os reds foram desclassificados. Será que chegou a hora de Diego mostrar o seu valor?

Foto- Globo Esporte.com

A mão que roda o mundo

E não acabou, apenas começou! O gol de mão do Paraná contra o Ceará começou a rodar o mundo. O jornal espanhol Marca já disponibilizou o vídeo e a arbitragem brasileira está sendo desmoralizada.

Vídeo del gol con la mano más descarado en muchos años: En un partido de Segunda en Brasil, Wellington Silva no .. http://bit.ly/2Tf0vQ

domingo, 20 de setembro de 2009

Deu no lancenet


Publicada em 20/9/2009 às 18:34

Perto de enfrentar o Palmeiras, Kléber vai a evento da Mancha
Atacante esteve em um campeonato da torcida palmeirense

Kléber posa para foto com torcedores, em evento da Mancha (Foto: Reprodução do Orkut)
LANCEPRESS!

A ligação do atacante Kléber com o Palmeiras continua forte. Neste sábado, o atleta cruzeirense esteve em São Paulo para participar da abertura de um campeonato de futebol soçaite organizado pela Mancha Alviverde, principal facção uniformizada do clube paulista. O curioso é que, na próxima quarta-feira, Cruzeiro e Palmeiras se enfrentam no Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A presença de Kléber no evento foi confirmada pelo seu procurador, Giuseppe Dioguardi. Em contato com a reportagem do LANCENET!, o empresário disse não ver problema algum no episódio. Segundo ele, o atacante ainda mantém uma boa amizade com o presidente da Mancha, André Guerra.

- Kléber esteve lá, sim. Não vejo problema algum nisso. Ele vê os amigos quase todo fim de semana. O André (Guerra) é muito amigo dele, é meu também. Eles se falam toda hora. Kléber, inclusive, foi no Carnaval da Mancha neste ano. Não vejo problema nessa ligação dele com os amigos da torcida - afirmou Dioguardi.

De acordo com mensagens de torcedores na comunidade da Mancha Alviverde no Orkut, o atacante, inclusive, chegou a jogar. As informações são de que Kléber atuou pelo time da Mancha Zona Leste, contra a Mancha Vila Matilde, em partida que teve início às 19h. Outro fato curioso é que o jogador vem se recuperando de uma pubalgia e não atua pelo Cruzeiro há cinco rodadas em razão da contusão.

- Ele foi bater uma bola com o pessoal da Mancha, brincou um pouco - confirmou André Guerra, presidente da torcida.

- Mas esse jogo não teve nada a ver com o Palmeiras. Ele estava lá pela amizade que formou com algumas pessoas, só isso. Ele ainda é jogador do Cruzeiro - completou Guerra.

O empresário Giuseppe Dioguardi, por sua vez, disse que Kléber lhe contou que não chegou a jogar.

- Ele falou para mim que não jogou. Ele disse que ficou só um pouco para prestigiar o evento - afirmou o procurador.

Segundo os torcedores, Kléber "fez a diferença" para sua equipe vencer por 8 a 1. O atacante, porém, não marcou gol.

No Cruzeiro, apesar de já recuperado da pubalgia, Kléber ainda é considerado dúvida para o jogo contra o Palmeiras, na quarta-feira, pelo fato de ainda sentir algumas dores na região. Após treinar na manhã de sábado, o jogador viajou a São Paulo, já que o grupo cruzeirense ganhou folga no domingo.

A CBF e o futebol brasileiro


Os jogos da seleção brasileira até 2002 valiam 300 mil dólares. A partir de 2002, com a conquista do penta, o valo passou para 500 mil. Em 2005 uma empresa passou a comercializar os jogos do Brasil, as primeiras informações davam conta de que a transação girava em torno de US$ 20 milhões, só para poder comercializar. Cada jogo passou a valer perto de US$ 2 milhões. Como se não bastasse, a CBF anuncia dia após dia um novo patrocinador, hoje são: Nike, Itaú, Tam, Extra, Vivo, Gillette e Guaraná.
Qual o benefício que o futebol brasileiro recebe? Estádios novos? Os clubes estão mais fortes? O futebol feminino está organizado? As competições nacionais são subsidiadas? Não! A CBF não auxilia na construção de nenhum estádio novo. Não! Os clubes não estão mais fortes e são reféns do mercado internacional. Não! O futebol feminino tem, no máximo, 3 meses de calendário oficial. Não e sim! As séries A e B são subsidiadas pela CBF. Elas aparecem, têm mídia e sempre tem um grande na B. As outras séries, C e D não recebem nem um olhar da CBF.
O Uberaba, time que tenta se reerguer no cenário do futebol em Minas, pediu socorro. Exibiu no site oficial um pedido de ajuda para viajar do Triângulo até Natal (RN). O pior é que as partidas valem vaga na C.
Abaixo segue o comunicado do Uberaba Sport.
O USC PRECISA DE SUA COLABORAÇÃO FINANCEIRA
Torcedor colorado ajude o USC, deposite qualquer quantia na conta do IACEL- (Instituto de Apoio a Cultura, Esporte e Lazer) na CEF, agencia 1538, conta corrente 861-6, operação 003 - CNPJ-09.288.332/0001-98 o próximo jogo será em Natal-RN e não dá para viajar de ônibus, precisaremos de ir de avião e sua ajuda será fundamental. Estamos contando com sua colaboração. A diretoria.
Os torcedores estão atendendo nosso apelo, obrigado aos que já contribuiram
e quem ainda não contribuiu pode contribuir, ainda há tempo!


Foto: Uberaba 4 x 1 Santos, em 77. Site Oficial do Uberaba

Falta liderança ao Atlético de Madri


Terceiro maior conquistador de títulos do Espanhol e time revelador de talentos, o Atlético de Madri faz a torcida passar vergonha na atual temporara. Pela Liga dos Campeões, jogou em casa contra o Apoel, de Chipre e não passou de um fraco 0 a 0. No campeonato local, até a terceira rodada o time de Forlan, Maxi Rodriguez, Agüero e Simão ainda não sabe o que é vencer e já perdeu duas vezes e acabou de tomar uma goleada do Barcelona de 5 a 2. O que acontece com os Colchoneros? O time tem inquestionáveis talentos individuais, entretanto, o coletivo não tem funcionado. O técnico Abel Resino, que já tinha seu trabalho questionado, vai ter muito mais problema pela frente (se ainda continuar no cargo).
Analisando o time, jogador por jogador, não há muito o que reclamar. No últimpo sábado, contra o Barça, o time entrou com: Roberto, Lopez, Ujfalusi, Perea e Ibañez; Jurado, Maxi Rodriguez, Paulo Assunção e Simão; Diego Forlan e Kun Agüero. Todos são bons jogadores, no entanto, quem assume p time? Simão Sabrosa é, na minha opinião, um belo jogador, mas é leve, tímido. Forlan é o mais indicado, mas joga lá na frente e divide o brilho com Agüero. Maxi Rodriguez joga no meio, é bom, no entanto, não chama a responsabilidade. Tá feia a coisa! Se continuar assim, a temporada que era para ser boa, tem tudo para ser dramática como aquela que culminou com a queda para a Segunda. O pior é que naquela época o time tinha Fernando Torres, que no ano seguinte arrebentou e devolveu os madrileños ao lugar correto.

Foto- Diego Forlan e Kun Agüero. Alguém vai ter que assumir o time.

sábado, 19 de setembro de 2009

Resultados e resultados

É normal empatar com o Náutico em Recife. É normal até tomar pressão do Náutico, entretanto, para um time que quer chegar a um bom lugar é necessário jogar melhor e, jogando melhor a vitória poderia chegar. É certo que Corrêa ainda não tem as condições físicas ideais, é certo que Márcio Araújo voltava de contusão, eu sei de tudo isso, mas é necessário que o time jogue mais. Contra o Náutico a defesa funcionou e o meio também, quem complicou foi o ataque. Diego Tardelli cumpriu uma função diferente da habitual e jogou muito pelos lados do campo, Rentería até bateu para o gol duas vezes(!), mas não conseguiu repetir um bom futebol. O Inter até ajudou perdendo no Barradão, mas o Galo deixou escapar mais uma oportunidade.

O nome dele é CHARLES HEBERT CAVALCANTE FERREIRA

Repito: CHARLES HEBERT CAVALCANTE FERREIRA. Já vi erros e já vi gols de mão, mas o que o árbitro CHARLES HEBERT CAVALCANTE FERREIRA deu no jogo do Paraná contra o Ceará... Não podemos esquecer: CHARLES HEBERT CAVALCANTE FERREIRA.

Sai no SUPER de amanhã


Ao mestre dos lançamentos
Recentemente fui perguntado sobre qual teria sido o melhor jogo que já comentei. Pensei e não tive resposta. Vários mexeram comigo, várias torcidas foram marcantes e não consegui separar um. Gostaria de falar que foi um jogo do Brasil na Copa de 70, entretanto, eu tinha meses e só fui conhecer nossa melhor seleção pela tv. É óbvio que Pelé sempre foi e será diferente. Tostão foi símbolo de técnica, Jairzinho fez gol em todos os jogos, contudo, um jogador,em especial, sempre me causou encantamento pela qualidade que batia na bola, pela velocidade que poderia dar ao jogo e pela precisão. O Canhotinha de Ouro é meu favorito! Não estou falando que ele foi melhor que Pelé, nada disso! Pelé é indiscutível. O que tento dizer é que o mestre dos lançamentos deixou um vazio no mundo do futebol. Não existem mais lançadores no futebol mundial. É certo que um jogador ou outro mostra qualidade, no entanto, Gerson aliava disciplina tática, liderança, generosidade, garra, ótimo passe a excepcionais lançamentos que mudavam qualquer placar. Gerson não é apenas um vencedor em campo. Longe do campo, o Canhota continua lançando oportunidades na vida para muitas crianças carentes em Niterói.
Fabrício- O volante do Cruzeiro resolveu colocar uma pimenta no jogo contra o Palmeiras. Fabrício disse que Diego Souza entra duro e, às vezes, até pratica a violência. Claro que ele sabia que as declarações dele chegariam até o Palmeiras. Tomara que o árbitro da partida não tenha ficado sabendo de nada. Muitas vezes é melhor só pensar e não falar o que pensa.
Ricardinho- Alguém pode discutir a qualidade técnica da nova contratação do Galo? Alguém pode assegurar que não vai dar certo? A investida no experiente meia trouxe ao torcedor a expectativa de que o time tem muito a oferecer ainda. Entretanto, é necessário entender que ele precisa de readaptação. Jogar no Al Rayan é muito diferente de entrar no Brasileiro em fase final.
Seleção- Com a possibilidade de não chamar as estrelas para os dois jogos finais das Eliminatórias, a chance de Diego Tardelli ser convocado é muito grande. Caso se confirme a convocação para enfrentar Bolívia e Venezuela, Tardelli deve ficar fora do clássico contra o Cruzeiro, dia 12 de outubro. Está nas mãos de Dunga.
Magrão- A primeira rodada da Liga dos Campeões mostrou um Real Madri muito forte. Mostrou também que muitos times ainda precisam de ajustes. Outro fato que chamou muito a atenção foi o golaço que Gerson Magrão fez pelo Dínamo de Kiev. No Cruzeiro Magrão prestou um bom serviço, não foi brilhante, mas também pouco comprometeu. Lá fora, fazendo o que fez, vai fazer sucesso.

Foto: O Canhota e a canhota em ação

Que situação!

O Uberaba joga domingo contra o Alecrim. O confronto é decisivo. Passando pelo Alecrim, o Zebu estará na Série C. No entanto, mais difícil que chegar até onde chegou é ir até o Rio Grande do Norte.
Abaixo está o pedido da diretoria do Uberaba, extraído so site oficial do clube.

O USC PRECISA DE SUA COLABORAÇÃO FINANCEIRA
Torcedor colorado ajude o USC, deposite qualquer quantia na conta do IACEL- (Instituto de Apoio a Cultura, Esporte e Lazer) na CEF, agencia 1538, conta corrente 861-6, operação 003 - CNPJ-09.288.332/0001-98 o próximo jogo será em Natal-RN e não dá para viajar de ônibus, precisaremos de ir de avião e sua ajuda será fundamental. Estamos contando com sua colaboração. A diretoria.
Os torcedores estão atendendo nosso apelo, obrigado aos que já contribuiram
e quem ainda não contribuiu pode contribuir, nos ajude para depois cobrar!

Rodada do Brasileirão


Vamos aos palpites (infelizes):

Atlético PR x Sport
Atlético PR- O Sport até ameaçava uma recuperação e acabou sendo atropelado pelo Flamengo. Fabiano não joga e ele tem sido importante. Na Baixada o Atlético é mais forte e vem com uma sequência sem vitórias.

Vitória x Inter
Vitória- A tal mística, ou química voltou a dar certo. O Inter é mais técnico, mas depois da derrota em casa, passou a se sentir obrigado a atacar, o que pode ser perigoso.

Náutico x Atlético
Atlético- Os desfalques do Náutico podem pesar, entretanto, estou acreditando mesmo é em um melhor futebol do Galo, que tem a volta de Márcio Araújo.

Santo André x São Paulo
São Paulo- É melhor e vai jogar com o apoio da torcida. O Santo André já descobriu que deve cair e vai cair.

Grêmio x Fluminense
Empate- Não fiquei louco! O Grêmio é o time mais forte em casa e o Flu é o pior do campeonato, no entanto, as declarações do volante gremista Adilson serão utilizadas para motivar o elenco. Pode e deve dar resultado para o jogo.

Avaí x Barueri
Empate- O Avaí já não ganha há um tempinho e o Barueri não é isso tudo. Jogo dever ser bom, com muitos contra ataques e boas defesas funcionando.

Corinthians x Goiás
Corinthians- Com a volta de Ronaldo, com as declarações do Hélio dos Anjos e com a queda do futebol do Goiás... dá Timão!

Santos x Botafogo
Santos- Confesso que quase coloquei empate, mas a efetivação de Neymar como titular deve dar uma ligada no ataque santista.

Flamengo x Coritiba
Flamengo- Em crescimento e com Pet fazendo a bola rolar. Não vai ser fácil, até pq Ney Franco sabe armar um esquema de marcação forte, mas o Fla é melhor.

Cruzeiro x Palmeiras
Cruzeiro- O Palmeiras está na liderança, entretanto, a volta de Kleber e a confiança da torcida fizeram o elenco do Cruzeiro crescer. Vai ser um jogão com toda a imprensa nacional vendo a subida do Cruzeiro e a confusão entre Fabrício e Diego Souza.

Foto - Estadão - Neymar será titular do Santos.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Sexta do Inglês


A sexta rodada do Inglês marca um grande clássico em Manchester, a possível fuga da zona de rebaixamento do Everton, a instabilidade do Arsenal colocada em xeque e a luta direta pela liderança entre os azuis.

Bunrley x Sunderland
Sunderland- O azar do Sunderland é que o Bunrley ainda vive a euforia da Primeira Divisão, talvez a pancada levada diante do Liverpool já tenha colocado a euforia de lado, aí pode dar Sunderland - que é um bom time e pode ficar perto dos 5 primeiros.

Arsenal x Wigan
Arsenal- Apesar da instabilidade dos gunners, acredito na vitória. Durante a semana mais um sacrifício para vencer na Liga. Do outro lado vem o Wigan, com um bom e novo time, mas nem com muita correria...

Aston Villa x Portsmouth
Empate- O Villa é melhor e é favorito, entretanto, o Portsmouth precisa pontuar e deve conseguir. Ficar na lanterna não é lá muita novidade, mas ficar sem fazer um pontinho?

Bolton x Stoke
Bolton- Tem tudo para ser um jogo feio. O Bolton está na zona de rebaixamento e, mesmo com toda a limitação deve partir para cima do time do "homem do lateral" - Rory Delap.

Hull x Birmingham
Empate- Tenho a sensação de que os dois ainda vão morrer abraçados. O Hull vai até bem em casa, entretanto, o Birmingham deve jogar muito fechado.

West Ham x Liverpool
Liverpool- A nova formação com Gerrard mais atrás tem tudo para encaixar fora de casa. O West Ham aposta na torcida, na força e na rivalidade, é pouco.

Manchester United x Manchester City
Manchester United- Clássico como há muito não esperávamos. O City está forte e consistente, mas joga sem Adebayor. Os dois tem a mesma pontuação e os cityzens têm um jogo a menos. Acredito na força do conjunto.

Wolverhampton x Fulham
Fulham- A posição na tabela engana. Os lobos estão com 4 pontos e o Fulham tem 6. A classificação mostra distância entre eles de seis posições. Hodgson trabalha muito forte a defesa e pode surpreender no contra ataque. Dá Fulham!

Everton x Blackburn
Everton- Fico inconformado ao ver o Everton na ZR, eles vão melhorar! A oportunidade é agora. Ganhando do Blackburn, os azuis darão um salto na tabela.

Chelsea x Tottenham
Chelsea- Briga na parte de cima da tabela, pode valer a liderança. Defoe está demais, entretanto, pare para pensar e perceba que a base do Chelsea é a mesma e só mudou o comando. Em casa, dá Chelsea.

Foto: Jermaine Defoe - destaque do Tottenham

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

De bobo ele não tem nada

Fabrício resolveu colocar uma pimenta no jogo contra o Palmeiras. O volante disse que Diego Souza (que está fazendo um grande campeonato) é um jogador violento. Fabrício não é um menino, ele sabe que o que ele falou vai chegar em São Paulo, vai chegar até o Diego Souza. Quais seriam os motivos para ele falar isso? Intimidar o Diego? Irritar o adversário? Sim! Entretanto, os árbitros acabam ouvindo...

O gol do Galo

Posição que já foi de Kafunga, João Leite, Taffarel e mais recentemente de Bruno e Diego, o gol do Galo está causando calafrios. O jovem Bruno já mostrou que tem potencial, entretanto, tem que se superar a cada jogo e a exigência é do tamanho do Galo. Vale a pena queimar o garoto? Claro que não! Então vai outra pergunta? Está na hora do uruguaio Carini estrear? Pense comigo: o Celso Roth não é louco e sabe que o goleiro Bruno não está pronto, se o Carini estivesse passando confiança é óbvio que ele jogaria. Pode ser até que ele jogue contra o Náutico, será uma medida acertada? Uma coisa é certa. Não adianta vaiar o jogador que está emocionalmente abalado. Não é inteligente vaiar quem está exposto, como o jovem goleiro está.

Na ponta do lápis


Desde que começamos a conviver com os pontos corridos aprendemos a conviver com teorias, contas, probabilidades e projeções. Na minha opinião a matemática só ajuda. Não ganha ponto, não faz perder ponto, entretanto oferece parâmetros para os clubes, jornalistas e torcedores. Uma teoria que vem dando resultado é a de que o aproveitamento ideal para o time ser campeão pode ser vivenciado pelas equipes jogo a jogo. Basta ver os adversários e calcular que, um por um, o ideal é conquistar a soma de 4 pontos no turno e returno.

Qual a situação do Atlético?
Já na rodada 24 o Galo já pegou o mesmo adversário em cinco oportunidades.
Avaí - Somou apenas 2 pontos. Um empate lá e outro em casa.
Grêmio - Somou 3 pontos. Uma vitória em casa e uma derrota fora.
Sport - 4 pontos! Uma vitória fora e um empate em casa.
Santo André - 4 pontos! Um empate em casa e uma vitória fora de casa.
Atlético PR- 6 pontos! Duas vitórias.
Até agora o Galo pontuou contra todos. Só conquistou 4 pontos duas vezes e alcançou pontuação máxima uma vez.

Qual a situação do Cruzeiro?
Flamengo- 6 pontos! Duas vitórias.
Náutico- Ficou nos 3 pontos alcançados com a vitória no Mineirão.
Vitória- Chegou aos 4 pontos! Uma vitória em casa e um empate no Barradão.
São Paulo- 0! Duas derrotas.
Inter- 4 pontos! Um empate em casa e uma vitória lá.

Somando os jogos de turno e returno o Atlético alcançou 19 pontos ganhos em 30 disputados, 63% de aproveitamento. O Cruzeiro chegou aos 17 pontos em 30, 56% de aproveitamento. Os dois estão acima dos 50% de aproveitamento. O aproveitamento para disputar a Libertadores no Brasileiro de 2008 foi de 57%.

Antecipando O TEMPO de 18/09

Tardelli fora do clássico

O técnico Dunga já sinalizou que não deve chamar vários jogadores titulares para os jogos contra Bolívia e Venezuela em outubro. Usando um raciocínio lógico, o treinador deve chamar atletas de destaque no Brasileirão e na lista devem estar os nomes de Diego Tardelli, Adriano, Miranda, André Dias, Cleiton Xavier, Diego Souza e Vitor, todos já chamados anteriormente. O ingrediente novo é que quando a seleção for convocada a disputa pelo título vai estar ainda mais acentuada e o Atlético deve perder Tardelli para o clássico contra o Cruzeiro, que será no feriado de 12 de outubro. Se Dunga resolver dar mais oportunidades, é bem possível que o Cruzeiro também perca alguns de seus atletas. Palmeiras e São Paulo também devem conviver com os desfalques e Diego Souza talvez seja o jogador mais importante dentro de um esquema para o time de Muricy. Nada contra uma convocação caseira, entretanto, os jogadores convocados para a reta final das eliminatórias dificilmente terão vaga na Copa do Mundo, como todos já sabemos o grupo já está bem formado e o técnico talvez tenha poucas posições em dúvida. A convocação deve servir mesmo é para mostrar qual time consegue ser competitivo mesmo sem as estrelas.

Respirando- A vitória contra o Inter mostrou que o Cruzeiro ainda respira na competição. Poucos vão conseguir arrancar pontos em Porto Alegre. Entretanto, a campanha era tão frágil que mesmo vencendo lá o time não subiu na tabela. O próximo é o Palmeiras e caso o Cruzeiro consiga outra vitória, a distância para o G 4 deve diminuir e o time tende a crescer ainda mais.

Aflitos- Jogar contra o Náutico fora sempre foi difícil, no entanto, dá para perceber que o Atlético não vai de cabeça baixa. Vai com tudo! Quem tem que temer quem? Claro que o Náutico é que deve estar assustado. Para confirmar uma campanha boa é necessário que o time faça algo diferente e diferente é chegar lá e mandar na partida e mostrar toda a força.

Título- Amanhã é dia de o Coelho decidir o título. Todo respeito é pouco, entretanto, a campanha do América permite acreditar que o time tem tudo para ganhar. Ser campeão da C deve ser encarado como apenas um recomeço, um passo certo para reposicionar o América no bom caminho. Assim que o juiz encerrar a partida a diretoria já deve sonhar com um 2010 mais forte ainda.

Europa- A primeira rodada da Liga dos Campeões mostrou que vários times ainda têm o que acertar. Entretanto, mostrou também um Real Madri que não está para brincadeira. Jogando contra um fraco FC Zurich, o time de Kaká fez o que tinha que fazer. Além dos cinco gols, o mundo da bola já percebeu que o time joga fácil.

Galo dá adeus e boas vindas

Raciocine comigo: os jogadores considerados titulares que entraram em campo são Renan, Renan Oliveira e Bruno. Bruno é o goleiro titular só por causa da contusão do Aranha, da forma física do Carini e da convocação do Renan Ribeiro. Renan Oliveira, aos poucos, vem perdendo a posição para o Evandro e, é bom lembrar, o Ricardinho já chegou. Renan dificilmente achará lugar em campo com as voltas de Jonílson e Márcio Araújo, ou seja, o Galo empatou com o Goiás, no Serra Dourada, com o time reserva. Entretanto, a competição sulamericana acabou para o Galo e sem ela a chance do retorno de Marques fica um pouco mais distante. Se para Marques a volta teve que ser adiada, para o lateral Sheslon não. Sheslon se recuperou da cirurgia no joelho e já foi chamado ao jogo para substituir Marcos Rocha. Não se trata de um reforço, ou de um craque que volta ao time (longe disso!), mas é uma posição carente e a chegada de um reserva é sempre bom.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O novo Liverpool necessita de ajustes

A estreia dos reds na Liga dos Campeões foi recheada de expectativas. O time começou mal no Inglês e fez o técnico Rafa Benitez parar para refletir. O time que entrou em campo contra o Debreceni novamente mostrou o craque Gerrard mais recuado e muita ofensividade com Riera, Kuyt e Benayoun aproximando de Fernando Torres. Contra o fraco Burnley deu certo, 4 a 0. Contra o arrumadinho Debreceni, um magro e frustrante 1 a 0. A ideia de Rafa foi muito boa, mas os ajustes são necessários. Uma boa notícia foi a volta do lateral Fábio Aurélio, a diferença entre ele e Insua é muito grande, quando Fábio conseguir desenvolver o futebol habitual dele o time pode engrenar.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Galo tem marca valorizada e terá novo site

Convidada do programa Globo Esportivo, que hoje foi realizado no UNI-BH, Adriana Branco - diretora do Atlético - não trouxe notícias do patrocinador master da camisa, entretanto, esbanjou confiança no trabalho e certeza de que o caminho está correto. Adriana disse que as pesquisas feitas para apurar o valor real e ideal para o anúncio na camisa atleticana mostram, de um ano para cá, uma valorização de quase 100% da marca Atlético. Com a exposiçao maior, graças a atual posição na tabela do Brasileiro, a tendência é que o Atlético consiga trabalhar com um parceiro que agregue ainda mais à marca.
Adriana falou que o Atlético está trabalhando um novo site, mais vivo, dinâmico e que estará no ar em pouco tempo. Perguntada sobre o licenciamento de produtos com a marca Atlético a diretora atleticana disse que o licenciamento agora é assunto da Roxos License, empresa que também detém o licenciamento da marca do Sport Recife. Adriana sabe que o licenciamento ainda engatinha no Brasil e um dos motivos é a falta de uma eficaz fiscalização.
Um momento de descontração na participação da Adriana Branco foi quando o repórte da Rádio Globo, Hércules Santos, trouxe a informação da renovação de contrato do técnico Celso Roth, Adriana, que já sabia de tudo, até tentou falar ao vivo com o treinador a fim de parabenizá-lo.
Respondendo ao aluno de jornalismo Leonardo qual a nota que ela daria ao Marrketing Esportivo no Brasil, Adriana não deixou dúvidas e deu nota 1 em uma escala de 0 a 5.
O bate papo foi bem descontraído e foi perceptível que o momento do Galo é muuuuito diferente do que estávamos até acostumados a ver.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Novo estádio vem aí!


O anúncio do novo patrocinador, o banco Standart Chartered, deve proporcionar ao Liverpool a realização de um sonho, enfim o novo estádio deve ser concluído. O valor do acordo é muito acima do atual, cerca de 80 milhões de libras por quatro anos. Pode vir um novo estádio e pode sumir a tradição do velho Anfield. Não é possível que não vou conhecer Anfield! Os reds, com o novo patrocinador, podem sonhar com a chegada de mais e mais craques que poderiam devolver a hegemonia do futebol inglês.


Foto - site oficial do Liverpool

O maior torneio de clubes do mundo



Começa amanhã a Liga dos Campeões da Europa. O torneio tem tradição, muito dinheiro, craques, brilho e muito charme. Nos últimos anos os ingleses têm se mostrado muito fortes, entretanto, a Liga 09/10 apresenta os espanhóis lotados de estrelas. E aí? Quem ganha? Torço pelo Liverpool, mas será muito difícil chegar ao sexto título.
Abaixo segue a relação de clubes campeões e países com mais títulos. Vale destacar que Real, Milan e Olimpique de Marselha estão no mesmo grupo. São 17 títulos em só grupo.

Por clube:
Real Madrid CF (9); AC Milan (7); Liverpool FC (5); AFC Ajax (4); FC Bayern München (4); FC Barcelona (3); Manchester United (3); SL Benfica (2); Internazionale Milano (2); Nottingham Forest FC (2); Juventus (2); FC Porto (2); Celtic (1); Feyenoord (1); Aston Villa FC (1); Hamburger SV (1); Steaua Bucureşti (1); PSV Eindhoven (1); Estrela Vermelha (1); Olympique de Marseille (1); Borussia Dortmund (1)

Por país:
Espanha (12), (2 equipes)
Itália (11), (3 equipes)
Inglaterra (11), (4 equipes)
Holanda (6), (3 equipes)
Alemanha (6), (3 equipes)
Portugal (4), (2 equipes)
Escócia (1)
Romênia (1)
Iugoslávia (1)
França (1)

Kalil + Roth = 2010


Tudo indica que o presidente Alexandre Kalil está realmente empolgado com o trabalho do técnico Celso Roth. De todos os lados surgem notícias de uma provável renovação antecipada do contrato de Celso com o Galo. É perfeitamente normal, possível e aceitável. Alguém vai questionar o mérito do treinador no atual elenco? Claro que os erros aconteceram e ainda vão acontecer muitos outros, entretanto, é nítido que o Atlético é mais forte, mais sério, mais competente. A dobradinha Kalil/Roth é muito boa e tende a melhorar.



Foto - Celso Roth. Fonte Globo esporte.com

Será que renasceu?

A ótima vitória arrancada fora de casa e contra um adversário que fala em título faz a torcida do Cruzeiro acreditar que é possível. E é possível! Oito pontos separam o Cruzeiro do G 4, não é pouca coisa, mas não é muita coisa! Vários casos existem de recuperações fantásticas, um deles é o do atual campeão alemão. O Wolfsburg fechou o turno na temporada passada com sete pontos a menos que os líderes. Os adversários bobearam e os "lobos" chegaram. O Cruzeiro tem mais tradição que o campeão alemão. O fato de jogar contra Palmeiras, Goiás e Atlético em casa também ajuda a manter acesa a esperança. Pesa contra a falta de regularidade e as peculiaridades do Brasileirão, torneio que, efetivamente, todo jogo é uma decisão.

domingo, 13 de setembro de 2009

Rodada boa para os mineiros

Inter 2 x 3 Cruzeiro
Foi apenas a segunda derrota do Inter, em casa, no Brasileiro. O Cruzeiro precisava se recuperar e se deu muito bem. Encarou um time candidato ao título e não deu mole. Nem preciso destacar as ausências, mesmo sem jogadores importantes o Cruzeiro se armou para vencer. O meio de campo do Cruzeiro casa bem com o estilo de jogo dos gaúchos. É importante destacar que a vitória teve um grau de drama. O Inter começou ganhando e o Cruzeiro empatou e arrancou a vitória com uma boa atuação de Gilberto, ex-Grêmio. Com os três pontos conquistados o Cruzeiro não ganhou nenhuma posição, entretanto, se distanciou das más companhias. O próximo jogo é contra o Palmeiras. Outra briga contra times que falam a língua da liderança. Possivelmente o Cruzeiro terá Kleber de volta e Adilson voltará a enfrentar o técnico Muricy, na Libertadores Muricy perdeu as duas e teve sua vida complicada no Tricolor.

Atlético 2 x 1 Atlético PR
É óbvio que o Furacão não viria a BH para dar uma de herói e jogar um futebol vistoso e ofensivo. O time treinado por Antônio Lopes fez o que vinha fazendo na competição, jogou bem fechadinho e complicou a vida do Galo. Todos marcaram muito e procuravam dar liberdade para Paulo Baier criar. Em jogada de bola parada, Paulo Baier achou Alex Mineiro na área e ele cabeceou para fazer o primeiro gol do jogo. Rapidamente o Galo empatou com Rentería aproveitando cruzamento da direita. O primeiro tempo marcou a luta pelo espaço.

No segundo tempo o panorama era o mesmo e só foi alterado com a saída de Renan Oliveira, que não tocou na bola. Éder Luis entrou e o Galo foi mais ofensivo, contudo, sem conseguir concluir em gol. Celso Roth tirou Rentería e apostou em Coelho na lateral e Carlos Alberto no meio. Ele ganhou o setor da criação e o gol da vitória saiu depois de um lindo lançamento de Corrêa para Diego Tardelli. O Galo fica perto dos líderes e volta ao G 4.

sábado, 12 de setembro de 2009

Coluna do SUPER amanhã

Caminhos opostos no Mineirão
Analisando as campanhas dos dois times que entrarão em campo hoje a única coincidência está no número de jogos. Os dois atléticos estão distantes na tabela de classificação. O Furacão já viveu momentos piores, entretanto, a situação ainda inspira cuidados. O Galo já foi líder, ameaça uma recuperação, no entanto, ainda é cedo para afirmar que o time está crescendo novamente. A disputa dos xarás é diferente. Enquanto o Mineiro luta pela vaga da Libertadores e ainda sonha em título, o Paranaense corre contra o tempo perdido e busca fôlego para se distanciar da faixa de rebaixamento. Caso o Galo vença hoje, a luta pelas primeiras colocações se torna mais palpável. Entretanto, novamente o Atlético vai pegar uma equipe que prioriza a marcação e acredita na velocidade do contra ataque. Adianta muito pouco atacar sem o devido balanço defensivo. O plano da Libertadores está muito claro. Os investimentos em atletas como Carini, Corrêa, Rentería e Ricardinho mostram que, caso a vaga seja alcançada, o time vai estar mais forte para a disputa em 2010. É uma pena que os reforços não possam estar todos em campo, mas, aos poucos, com a montagem do time, tudo leva a crer que o caminho alvinegro será mais bonito.
“ Caso o Galo vença hoje, a luta pelas primeiras colocações se torna mais palpável”
Colorado- O adversário do Cruzeiro é um belo time. Jogando em casa ele é mais forte ainda, no entanto, do outro lado está um outro time que vem mostrando evolução. Vendo time por time e jogador por jogador acredito que o Cruzeiro possa neutralizar as jogadas de criação dos gaúchos. Sem a posse de bola o Inter vai ter muita dificuldade contra o Cruzeiro.
Contusões- O que atrapalha muito é o número de jogadores parados por contusão. Imagine o Cruzeiro hoje com Kleber, Jonathan e Wellington Paulista. Poderia até não ganhar o jogo, mas o time estaria bem mais forte e mais entrosado. Ainda não é possível falar em Libertadores, a distância é de 10 pontos. É necessário ficar longe da turma de baixo e a distância é de 5 pontos.
América- Luciano e Moisés serão ausências muito sentidas pelo Coelho. A disputa pelo título começa hoje e o adversário é muito forte em casa. O mais importante é manter a disputa acesa para a próxima semana, em BH. Com o apoio da torcida o América tem sido muito forte e tem totais condições de ganhar o título.
Maradona- Perdido! Todas as vezes que olhei para o técnico dos argentinos tive a sensação de que ele estava perdido. Recheado de craques e bons jogadores, Maradona não conseguiu passar nada ao elenco e ainda tirou deles toda a força e pegada argentina. É muito dura a situação dos hermanos. Ganhar do Peru é possível, difícil vai ser bater o Uruguai fora de casa.

Técnico é Rafa Benitez


Com a saída do meio campista Xabi Alonso, o Liverpool se viu em situação diferente da habitual. O time tinha um esquema e variações dentro do esquema que levaram um elenco inferior a sempre colher bons resultados e fazer boas campanhas. Mascherano fechava perto da zaga, Xabi colocava qualidade na saída e inversões fáceis de jogadas. O mestre Gerrard trabalhava mais adiantado e marcava gols em muitos jogos. Muito disciplinado taticamente, os reds abusavam da ofensividade com dois pontas abertos, Kuyt pela direita e Riera pela esquerda. Sem a bola, os dois voltavam e fechavam como laterais, e por sua vez, os laterais compunham uma linha de quatro à frente do goleiro, na linha da área. Pois é, mas e sem Xabi? O time sofreu um pouco, mas no jogo contra o Burnley o time foi diferente. E foi ótimo! A linha de defesa era: Reina, Johnson, Skrtel, Carragher e Insua; Lucas e Gerrard (mais recuado); Kuyt, pela direita e Riera pela esquerda; Benayoun perto da área e Torres no ataque. Como funcionou o time. Lucas jogou um bom futebol e deu boa proteção. Gerrard continuou eficiente. Desarmou e armou, quando teve liberdade. Kuyt foi o lutador de sempre e Riera esteve bem. Quem arrebentou foi o israelense Benayoun. Ele fez o hat- trick e colocou mais velocidade no jogo. Placar 4 a 0. Alguém poderia dizer: "Ah! no Burnley?". Sim! O Burnley é fraco. O que deve ser observado e até comemorado é que o técnico observa e acha soluções. Diferente da maioria que prefere reclamar a procurar fantasmas.

Guilherme tem tudo para estourar


Novamente o ex-atacante do Cruzeiro, Guilherme, estreou e novamente marcou. Foi assim no Cruzeiro, no Dínamo de Kiev e hoje no CSKA. Não foi apenas uma estreia, foi um jogo recheado de responsabilidade e de possibilidades. O CSKA acabou de demitir o técnico Zico e contratou o espanhol Juande Ramos, ex-Real e ex-Tottenham (ele quase derrubou o Tottenham), está mal na tabela do campeonato russo e muito próximo do início da Liga dos Campeões. Se tinha uma oportunidade de ouro para estrear e se dar bem e ainda ficar bem com o comando era agora. E ele agarrou! Guilherme é um belo jogador. A torcida do Cruzeiro muitas vezes ficou na bronca e não levou em conta que Guilherme ainda está no período de formação. Entretanto, pare para analisar as principais características do atacante do CSKA. O posicionamento dele é muito bom. Técnica ele tem de sobra e habilidade também. Guilherme é um jogador de drible curto e boa finalização. Não é alto, no entanto, o posicionamento minimiza o problema da baixa estatura. Diferente de Kleber, que jogou no Dínamo e voltou para o Brasil, Guilherme não tem problemas disciplinares o que permite acreditar que ele vai arrebentar no Velho Mundo.

Foto- Guilherme ainda com a camisa do Dinamo de Kiev

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Palpites do Brasileirão

A rodada apresenta jogos de difíceis prognósticos, mas estamos na chuva é para queimar mesmo...

Flamengo x Sport
Empate-O normal é dar Flamengo. Entretanto o Sport está crescendo e o Flamengo gosta de um tumulto. Tenho pena do Andrade. Trabalhar mergulhado em um vulcão, ser apaixonado pelo vulcão, ser atrapalhado pela política do vulcão e presenciar brigas quentes no treinamento.

São Paulo x Avaí
São Paulo- O Tricolor está achando o melhor futebol. Ainda restam ajustes, mas quando o time ganha confiança, parece que tudo caminha para favorecer o bom trabalho e a estrutura.

Atlético x Atlético PR
Atlético- Depois uma sequência sem vitórias o Galo voltou a sorrir e os jogadores passaram a acreditar em uma vaga para a Libertadores. O Furacão deve vir fechado, o que vai dificultar, mas vou no maior talento e na força de conjunto.

Vitória x Palmeiras
Vitória- Depois de jogar várias vezes mal e tropeçar outras tantas o momento é de crescimento no Vitória. O Palmeiras é mais forte e é mais time, entretanto, acredito que vá ter muita dificuldade no Barradão.

Inter x Cruzeiro
Inter- O meio de campo do Cruzeiro casa direitinho com a criação do Inter, se o Cruzeiro não deixar o Inter criar é bem possível que arranque um bom resultado. Entretanto, são muitos os desfalques e o Inter tem mais bola em casa.

Santos x Santo André
Santos- O time de Luxemburgo não é maravilhoso, mas é melhor que o Ramalhão. O Santo André é bem limitado e na Vila dá Peixe.

Náutico x Grêmio
Náutico- A luta pelos pontos em casa já deu resultado e o Grêmio joga ma fora, ainda mais revivendo a Batalha dos Aflitos.

Botafogo x Fluminense
Botafogo- Jogo difícil! O Fluminense está deseperado e tentando se arrumar dando apenas uma disfarçada no visual. O Botafogo precisa vencer sob o comando de Estevam Soares e vai com tudo.

Barueri x Goiás
Barueri- O Goiás está experimentando o momento de vacilo na competição, e, para piorar o Barueri ainda é um bom time.

Coritiba x Corinthians
Empate- O Couto Pereira deve estar com bom público que vai empurrar o Coxa. O Corinthians tem um bom time e um bom esquema, deve aproveitar os contra ataques.

A quinta do Inglês

Diferente do que eu esperava o Inglês está muito azul. A rodada é dura para dois azuis que estão na ponta.

Blackburn x Wolverhampton
Blackburn- A permanência na zona de rebaixamento é o fantasma que os Rovers carregam. Em casa e contra um adversário que caminha para a mesma disputa, acredito na vitória.

Manchester City x Arsenal
Arsenal- Taí um azul da liderança que pode perder espaço. O Arsenal é mais time e sofreu a primeira derrota na última rodada. Para vencer os cityzens será preciso marcar gol e o time do goleiro Given não sofreu nenhum na temporada, ainda assim dá Arsenal, mas torço pelo empate.

Stoke x Chelsea
Chelsea- Seria um presente de Natal antecipado ver o Chelsea perder para o Stoke, não acredito que o bom velhinho esteja querendo distribuir nada agora. Os azuis do Chelsea deven vencer.

Liverpool x Burnley
Liverpool- Apesar de toda a motivação do Burnley, que já ganhou do atual campeão este ano, o Liverpool é mais forte. Só com o futebol mostrado pelo lateral Glen Johnson e do mestre Steve G durante a semana pela seleção já daria para ganhar. A vitória pode aproximar os reds da ponta de cima da tabela e com o tanto de confrontos entre os líderes, poucos vão prestar atenção na chegada red.

Portsmouth x Bolton
Empate- É o jogo do último contra o penúltimo. Ninguém pontuou ainda. Nada melhor que um 0 a 0.

Sunderland x Hull
Sunderland- Jogando em casa e em situação melhor na tabela, acredito no Sunderland.

Wigan x West Ham
West Ham- Depois de fazer uma campanha interessante em 2008/09, o Wigan está muito fraco. Acho o West Ham apenas vibrante, mas pode vencer pelos erros individuais do adversário.

Tottenham x Manchester United
Empate- Outro azul da liderança, o Tottenham tem mostrado muita força, no entanto, joga contra a mística dos red devils, que ameaçam uma recuperação. Empate.

Birmingham x Aston Villa
Empate- De volta a Primeira o Birminghan pode muito bem tropeçar contra um time melhor qualificado, entretanto, não acredito em mais surpresa fora de casa do Villa.

Fulham x Everton
Fulham- É o 15o contra o 16o. O fator casa pode detrerminar o resultado, embora para o Everton jogar longe da pressão possa até fazer bem.

Coluna de O TEMPO de 11.09

O Atlético voltando a ser Atlético



Quando a diretoria atleticana anuncia a chegada de Rentería, Corrêa e Carini, ela mostra ao torcedor que a intenção é boa. Se pouco tempo depois a mesma diretoria anunciar a contratação de Ricardinho, tudo levará a crer que ventos novos estão soprando no Galo. O time volta a mexer com o mercado da bola no Brasil. Ninguém sabe qual jogador vai chegar e resolver as carências, entretanto, pela longa folha de serviços prestados e pela experiência internacional dos atletas, tudo indica que o time vai melhorar e algo de bom pode acontecer. Muito diferente da história recente do Atlético. Em 2008 o grupo era limitado e os reforços faziam parte das apostas que poderiam não dar em nada. Quem segurou a equipe foi Marcelo Oliveira e a base montada em casa. A julgar pelo nível dos investimentos de anos anteriores e pela escassez de recursos é evidente que fica uma preocupação com a saúde financeira do clube, entretanto, até hoje os salários e prêmios estão em dia e com isso algo que faz muita diferença entra nas negociações: credibilidade. Não tenha dúvida se Ricardinho foi sondado por outros clubes. Não duvide também se ele se informou sobre a realidade do Atlético. Administração pode não ganhar jogos, mas ajuda.



“...pela experiência internacional dos atletas, tudo indica que o time vai melhorar e algo de bom pode acontecer”



Inter- O adversário de domingo do Cruzeiro é um time em crescimento. Nunca foi fácil bater o Colorado em casa, entretanto, a versatilidade dos volantes do Cruzeiro pode ser determinante para marcar e surpreender com a posse de bola. Se o Cruzeiro tiver espaços para trabalhar a bola, não tenho dúvida de que o time pode voltar com um bom resultado.



Tabela- Alguns times, como o Inter na atual situação do campeonato, pensam mais em decidir o jogo nas características da sua equipe e podem bobear quando encontram pela frente um time que não permite toque de bola e sai com qualidade ao ataque. Só não pode o Cruzeiro facilitar o jogo tendo jogador expulso novamente.



Racismo
- Há quem se lembre de um amistoso, véspera da Copa da Alemanha, entre França e China. Era apenas um amistoso, mas Djibril Cissé teve a perna fraturada e não pode disputar o Mundial. Cissé, hoje jogando pelo Panathinaikos, percebeu que a torcida rival imitava macaco todas as vezes que tocava na bola. A fratura era melhor, não doía por dentro.



Punição-Já passou da hora da FIFA colocar um ponto final em tais episódios. A entidade máxima do futebol vive batendo no peito e dizendo que promove a paz e une os povos. Os árbitros deveriam ser obrigados e relatar tudo em súmula e a punição deveria ser exemplar. Se não aprendem com a educação, a saída é punir. O que não é possível é continuar do jeito que está.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Ricardinho vai acrescentar

A contratação do meia Ricardinho foi cirúrgica. Aos poucos as carências do time estão sendo supridas. Ricardinho será útil como um volante pela esquerda. Será útil como um meia armador, um 10. Como se não bastasse tudo isso, Ricardinho tem experiência e pode ajudar. Alguém pode se perguntar: o que aconteceu com o Galo? De uma hora para o time passou a ter dinheiro? Conversei com o presidente Alexandre Kalil e, segundo ele, o time economizou perto de 900 mil por mês com a dispensa de jogadores. Outro ponto importante a ser observado é que a estrutura diretiva do Atlético é minúscula. Quem dirige o Galo? Kalil. Quem contrata? Kalil. Quem responde pelo futebol? Kalil. Quem trabalha o institucional? Kalil e Adriana Branco. Só os dois. A economia é brutal e tem dado certo.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

O mundo do futebol não pode ser mais real que a realidade


O que é o futebol? Sim, o que é? Você já parou para pensar que o futebol é apenas um esporte. Sendo apenas um esporte, ele não passa de um entretenimento, de um passatempo. Eu sei que muito passatempo acaba se tornando interessante demais e pode ocupar um espaço maior, e ainda pode se tornar mais interessante e pode se tornar vital. O futebol deveria ser apenas um passatempo, é um passatempo para muitos. Para outros o futebol é negócio. Eu vivo do mercado do futebol, muitos outros em todo o mundo vivem também. Mas é importante que o futebol seja sempre encarado como uma forma de tornar o mundo mais suave. O grande problema é que o futebol (forma) pode ter ocupado, para muitos, o lugar de função. A função era criar um esporte que pudesse trazer mais alegria, que educasse, que proporcionasse interação, lazer e exercício físico. Qual foi a forma? Praticar um esporte com 11 jogadores de cada lado, etc, etc. A forma se tornou mais importante que a função. Hoje em dia, quem ainda se lembra da função?
Questione sua vida, suas conversas e frustrações, várias vezes não nos pegamos rindo dos nossos fracassos? Várias vezes fazemos piadas com nossos defeitos, problemas, doenças e infelicidades? No futebol não. Não podemos falar que determinado zagueiro é grosso, que o atacante é um poste, que o goleiro é um balde, etc. Óbvio que devemos ter respeito aos profissionais que estão ali, então por que não podemos falar que o time é fraco, é de segunda, é feio, é lamentável. Falar que o time é ruim é pior que falar da nossa saúde fragilizada? Ora! Vamos levar a vida mais light, vamos levar a bola de forma mais coerente. Paz!

Rodada das Eliminatórias


A porta vai fechando e alguns já precisam de ajuda para entrar. O Brasil já tem lugar garantido e pode permitir a entrada do Chile. Será?
Bolívia x Equador
Equador- Jogo de vida para os equatorianos. Os bolivianos já não tem mais chances e jogam por jogar. Não será um bom jogo de se ver, mas dá Equador.

Uruguai x Colômbia
Uruguai- Decisão. A Colômbia tem situação mais confortável na tabela, no entanto, encarar o Uruguai fora não é tarefa das mais fáceis.

Paraguai x Argentina
Paraguai- Decisão para os dois. A Argentina parece ser uma constelação de craques sem rumo. Óbvio que Messi pode decidir o jogo, Tevez também, entretanto, a força do conjunto não foi convocada. Já o Paraguai passa longe de ser brilhante, mas é eficiente em casa.

Brasil x Chile
Brasil- Mesmo já classificado para o Mundial acredito na seleção. Cheia de desfalques, mas com um tanto de jogador querendo mostrar valor para ser convocado para a Copa. Dá Brasil!

Venezuela x Peru
Venezuela- Parece incrível mas a Venezuela ainda tem chances de disputar o Mundial, já o Peru morreu de véspera.

África
As eliminatórias africanas estão muito interessantes. Costa do Marfim e Gana garantidos e com um Grupo A totalmente indefinido e colocando drama pra cima de seleções tradicionais como: Marrocos de El Zhar(Liverpool), Camarões de Eto'o (Inter) e Togo de Adebayor (Manchester City). A seleção que lidera o grupo A é a inacreditável seleção de Gabão, com 6 pontos. Seguida de Togo, com 5; Camarões, 4; Marrocos, com 3. Todas as seleções perderam apenas um jogo e o equilíbrio é a palavra mais usada para definir o grupo.

Europa
Alguns jogos são muito interessantes pela Europa. Portugueses, suecos e húngaros vão ficar torcendo, e muito, para a zebra Albânia contra a Dinamarca, pelo grupo 1. Se os dinamarqueses vencerem ou Suécia ou Portugal não irão ao Mundial. Para a seleção de Cristiano Ronaldo não adianta só torcer, tem que bater a adversária direta Hungria.
O grupo 7 apresenta o choque de líderes: Sérvia x França. A Sérvia lidera o grupo e pode jogar a França para a repescagem, caso aumente a vantagem.
O grupo 6 também apresenta confronto entre líderes, só que a Inglaterra lidera com muita folga e 100% de aproveitamento. Como se não bastasse é a oportunidade de descontar a eliminação na Eurocopa, frente à Croácia. Se os ingleses vencerem estarão, com justiça na Copa.
Espanha e Estônia tem o jogo que fatalmente dará a classificação aos espanhóis, pelo grupo 5.

Foto - Globo esporte.com - Espanha com os pés na Copa

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Mais um caso de racismo


Muitos vão se lembrar de Djibril Cissé apenas quando ele quebrou a perna em um amistoso preparatório para a Copa da Alemanha. Cissé vive a linha descendente na carreira. Foi titular e campeão da Liga dos Campeões em 2005, pelo Liverpool. Um ano depois sofreu a fratura e de lá para cá... Ano passado o francês disputou contra o mesmo Liverpool a Liga, jogando pelo Olimpique de Marseille e foi descendo a ladeira. Voltou ao futebol inglês em 2008/09, pelo Sunderland. Atualmente ele disputa o campeonato grego, ao lado de Gilberto Silva, pelo Panathinaikos. Talvez, na Grécia, ele tenha vivido o pior momento na carreira. O jogo era o principal jogo do campeonato, um clássico contra o Olympiakos. Todas as vezes que Cissé tocou na bola a torcida imitava sons de macaco e xingava o francês. Algumas garrafas foram atiradas nele e a situação se complicou ainda mais quando ele fez um gol.
O racismo dói mais que uma fratura na perna. A fratura pode ser resolvida e o racismo é o ataque direto na alma.

Foto- Cissé nos bons tempos de Liverpool. Ele já foi red.

Houve justiça na convocação

Basta dar uma pensada em alguns destaques do Campeonato Brasileiro que vamos chegar aos nomes convocados pelo técnico Dunga. Há quem prefira outro, há quem não goste de um, no entanto, pela necessidade de recompor elenco, o treinador acertou.
André Dias tem sido destaque do São Paulo já faz tempo. Em forma ele é muito bom.
Cleiton Xavier deixou, no Palmeiras, de ser promessa. Na época do Inter ele destacava e não chegou a confirmar. Pelo Figueirense foi muito bem, mas o time não ajudou e ele caiu, no Palmeiras tudo foi diferente. Não sei se o levaria, mas que ele é destaque no campeonato, ele é!
Sou admirador do futebol de Diego Souza. Jogador de destaque, primeiro como volante. Virou meia-armador e joga até como atacante. Tenho a sensação que deram a oportunidade que ele precisava.
A convocação de Diego Tardelli era a mais esperada. Tardelli já havia sido convocado para o jogo contra a Estônia. Jogou bem e mereceu ser novamente avaliado.

SUPER de hoje

Saiu no SUPER de hoje e foi assim:

Dia da confirmação
Tudo indica que estamos vendo uma reação do Cruzeiro. Até o início da atual rodada, computando apenas os jogos do returno, o time tinha o melhor aproveitamento. A equipe já não perde há um mês e, embora sejam muitos os desfalques, a equipe tem mostrado uma postura diferente. É bem verdade que os empates contra Botafogo e Vitória trouxeram um sabor estranho, no entanto, é bom lembrar que o time vem se recuperando. Mas nem tudo está tranqüilo. O adversário de hoje, o São Paulo, abre uma sequência de jogos contra equipes que tão acima do Cruzeiro. Sinal de perigo? Depende do olhar. O olhar do pessimista enxerga o poder de equipes que foram melhores. Já o otimista entende que chegou a oportunidade de saltar na tabela. Inter, Palmeiras, Barueri, Avaí, Goiás e Atlético serão os adversários. Apenas o Avaí foi batido no primeiro turno, mas o momento é outro. O primeiro passo é contra o Tricolor e qualquer resultado é normal e aceitável. Para a reação se tornar mais real e para que o time embale não existe oportunidade melhor. É o São Paulo! O time que mais vezes foi campeão. Uma vitória hoje repercute na tabela e no lado motivacional dos atletas.
“Já o otimista entende que chegou a oportunidade de saltar na tabela”
Atlético- É possível tirar lições das declarações de Tardelli dadas após o jogo de quinta? Pode até ser, mas é preciso? Vamos deixar de lado o blá blá blá e vamos ao campo! A única coisa positiva para o elenco é que agora todos já perceberam que a corda apertou. A resposta tem que ser dada hoje. Os líderes já estão longe e os intermediários estão colados. É a hora!
Punição- A decisão da FIFA de punir o Chelsea é hipócrita. É claro que deve haver punição, no entanto, existem muitos tipos de assédios a atletas. Qual o motivo de não punir o time que fica meses e meses sem pagar salário? Quais os motivos que permitem que o mesmo Chelsea trabalhe com investimento questionável.
Coração- Enquanto a FIFA resolve mostrar as garras, dois casos sérios de atletas com problemas de coração assustaram o mundo da bola. O jovem de 17 anos Daniel Wrigth, goleiro do Wolverhampton, da Inglaterra, encerrou a carreira. Já Paulo Ramos, ex-Grêmio e Vila de Goiás faleceu jogando uma “pelada”. De maneira prática, qual tem sido a preocupação da FIFA com os atletas?
Mineiro-Que tal lembrarmos de cobrar estádios com mais qualidade para o Estadual 2010? Sempre acontece o mesmo drama. Em cima da hora chegam os laudos e as condições dos estádios são reduzidas, prejudicando o torcedor. Por falar em estádios...será que a FIFA cobra segurança dos estádios de todo o mundo? Ou será que só cobra em países de força internacional?

Cruzeiro 1 x 2 São Paulo

Em uma tarde de Mineirão com pouco mais de 27 mil pagantes e uma cabine lotada de pessoas que aprendi a respeitar e a admirar, o Cruzeiro não conseguiu executar a primeira tarefa dignamente. Se existe uma chance de lutar por algo mais na competição o momento seria este. É que a sequência de jogos do time de Adilson é exatamente contra times que estão acima na tabela. O primeiro era o São Paulo, depois Inter, Palmeiras, Goiás, Barueri, Avaí e Atlético. Vencendo os adversários da parte de cima a resposta poderia ser quase que imediata. O Cruzeiro pontuaria e não deixaria os adversários pontuar. Só que diante do primeiro adversário já não deu.
O Cruzeiro começou tentando achar o melhor futebol e dando de cara com o forte bloqueio no meio de campo do São Paulo. Richarlyson já se destacava com força de marcação e saída em direção ao gol. Perto dos 15 minutos o Cruzeiro começou a explorar o potencial ofensivo de Jonathan pela direita. Jonathan se deu bem no duelo contra Júnior César e criou várias vezes pelo setor. O jogo caminhava para terminar a primeira etapa com 0 a 0, até que Richarlyson, destaque do São Paulo, saiu jogando errado e Diego Renan roubou a bola e tocou para Gilberto que devolveu rápido para o lateral. Com sobriedade e técnica, Diego Renan definiu de pé direito para o gol. O início do segundo tempo mostrou um Cruzeiro atacando e às vezes sem um balanço defensivo eficaz. Ricardo Gomes colocou Marlos para o jogo e Adilson fez Guerrón entrar. O equatoriano chamou Jonathan ao ataque e os dois perderam a bola não voltaram. Marlos foi acionado, nas costas de Jonathan, e foi até a área para bater e vencer o goleiro Fábio, 1 a 1. O Cruzeiro teve outras chances, mas parecia mais abatido e mais cansado. Aos 34 minutos entrou Borges no lugar de Washington. Aos 35 Richarlyson bateu uma falta com bola longa para a área e Elicarlos protegeu a bola e permitiu que Dagoberto cruzasse para a área, por lá estava Borges fechando para o gol. A partir daí o Cruzeiro não teve força para empatar e o São Paulo deixou claro que estava satisfeito. Fim de jogo.

Argentina 1 x 3 Brasil

Antes de o jogo começar fiquei pensando como o futebol é interessante. São tantas teorias, todas certas e também todas erradas. Normal é pensar que a Argentina quando está humilhada, pressionada, acaba dando a volta por cima. Não é isto que muitas vezes acontece? Outra teoria é que a pressão pode estar muito forte e o time de Diego com tantas ausências na defesa e tudo em cima de Messi pode não dar a resposta, às vezes vale a pena jogar no erro do adversário. Quem sabe? Ninguém sabe! Antes do jogo tudo pode acontecer, tudo é esperado e nada é esperado. Com a bola rolando deu para ver uma Argentina que valorizava o toque curto e tentava envolver um Brasil bem mais sólido, forte e consciente. Com o gol de Luizão as distâncias entre as equipes foram acentuadas e ficaram evidentes. O Brasil foi muito melhor! Kaká se achou e foi muito bem. Dava pena do Mascherano, só ele correndo e mordendo. Maxi Rodrigues não achou o posicionamento. Verón só cercava e Dátolo fechava e não tomava a bola de ninguém. Muito pouco poder de marcação, poucas roubadas de bola e o segundo gol saiu com a marca da tranquilidade. Luis Fabiano aproveitou a sobra de Andújar e só tocou para o gol vazio. Aí voltam as teorias...se a Argentina fizer um gol o jogo pode mudar, pode valer a história do confronto...terias! O gol da Argentina saiu com Dátolo achando um chutaço de longe. Logo após o gol deles saiu o terceiro do Brasil. Uma bela assistência do Kaká para o toque genial e sutil de Luis Fabiano.
Luis Fabiano merece um capítulo separado na partida. Assim que terminou o Mundial vários nomes foram citados e avaliados para assumir a 9 da Seleção. Fred, Rafael Sóbis, Nilmar, Wagner Love, Jô, Afonso e Luis Fabiano convivia com a fama de mal. Ele foi chamado e assumiu a camisa, é dele!