segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Mudanças na Argentina


Além de ter que ganhar do Brasil o técnico Diego Maradona viveu uma semana de problemas com as contusões de alguns dos convocados. Verón, Burdisso, Battaglia e Diego Milito não apresentaram condições de jogo e foram substituídos por Palermo, Schiavi e Braña. A nova convocação altera o estilo dos desconvocados por contusão. Diego Milito é bem mais leve e se movimenta mais que Martín Palermo. Burdisso não é nenhum craque e Schiavi é conhecido por bater e bater. Schiavi foi campeão da Libertadores pelo Estudiantes e já está no Newell's Old Boys. Outro convocado e também campeão da Libertadores é Braña.

Foto - Martín Palermo site da AFA

Ricardinho está sem clube


Taí! Ricardinho se desligou do Al Rayyan, do Qatar. Sonho atleticano no ano passado e badalado no Flamengo, ele está disponível.

Foto - Site Globo Esporte

Uruguaio na área


A informação não é minha, Marcos Guiotti já tinha a informação há algum tempo, o goleiro uruguaio Carini deve assinar com o Galo. Segundo informações, ele já está em BH, hospedado e vai fazer exames.
Segue informação oficial do Real Múrcia dando conta do fim do compromisso do jogador uruguaio com o clube espanhol.


COMUNICADO OFICIAL

Núñez, Carini y Kabous ya no pertenecen al RM
El Real Murcia Club de Fútbol ha cerrado este miércoles acuerdos con tres jugadores que estaban dentro del Expediente de Regulación de Empleo (ERE). Se trata de Antonio Núñez, Héctor Fabián Carini y Abderrahman Kabous, que quedan desligados de la entidad. El club grana negocia con los otros 4 jugadores (Marañón, Cuéllar, Alberto y Capi) para llegar también a un acuerdo para la rescisión de sus contratos.


Desde el Real Murcia se quiere destacar la buena predisposición de estos tres futbolistas, que han entendido la situación actual de la institución y con los que se ha mantenido una negociación cordial. El club quiere mostrarle desde este medio su agradecimiento por los servicios mostrados y desearle la mayor suerte posible, tanto en el aspecto personal como en su nuevos proyectos deportivos.

Foto - Site oficial do Múrcia com os três jogadores que não pertencen mais ao clube. Carini é o do meio.

Hector Fabian Carini nasceu em 26/12/79 - 28 anos.
1,91 de altura.
97-00 - Danúbio
00-02 - Juventus
02-04 - Standart Liége
04-05 - Inter Milão
05-06 - Cagliari
06-07 - Inter Milão
07-09 - Real Murcia

Carini não foi convocado para defender a seleção uruguaia pelas eliminatórias. Segue a lista de convocados:

SELECCIÓN NACIONAL – ELIMINATORIAS FUTBLISTAS CONVOCADOS

ABREU, Sebastián (Aris – Grecia)
AMADO, Miguel (Defensor Sporting)
CACERES, Martín (Juventus -Italia)
CASTILLO, Juan Guillermo (Botafogo - Brasil)
CAVANI, Edinson (Palermo - Italia)
EGUREN, Sebastián (Villarreal - España)
FERNANDEZ, Alvaro (Vitoria Setúbal - Portugal)
FERNANDEZ, Sebastián (Banfield - Argentina)
FORLAN, Diego (Atlético de Madrid - España)
FUCILE, Jorge (Porto - Portugal)
GARGANO, Walter (Nápoles - Italia)
GODIN, Diego (Villarreal - España)
LOPEZ, Rodrigo (Vélez Sarsfield - Argentina)
LUGANO, Diego (Fenerbhace - Turquía)
MARTINEZ, Jorge (Catania - Italia)
MUSLERA, Fernando (Lazio - Italia)
PEREIRA, Alvaro (Porto - Portugal)
PEREZ, Diego (Mónaco (- Francia)
RODRÍGUEZ, Jorge (C.A. River Plate)
RODRIGUEZ, Cristian (Porto - Portugal)
SCOTTI, Andrés (Argentinos Juniros - Argentina)
SILVA, Martín (Defensor Sporting)
SILVA, Bruno (Ajax - Holanda)
SUAREZ, Luis (Ajax - Holanda)
VALDEZ, Carlos (Reggina - Italia)

Ele acreditou!


Eterno quase candidato ao título espanhol, o Atlético de Madri tomou um sacode do Málaga, em Mallorca. Quem olha o time e pega os resultados da pré temporada é capaz até de apostar, pois ganhar do Liverpool em Anfield e jogar com a mesma base do ano passado são credenciais de peso. Em Mallorca o time entrou com Maxi Rodriguez, Cleber Santana, Diego Forlan e Kun Agüero, mas não resistiu e voltou para a capital com um 3 a 0 nas costas. O time começou até bem, no entanto, a sensação que dá é que a mecânica do jogo madrilenho é baseado muito mais nos talentos individuais que no conjunto. O primeiro gol foi um golaço de bicicleta do marroquino Nabil Baha, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa o Atlético até tentou bater de longe, mas foi o Málaga quem ampliou a vantagem com dois gols em jogadas de bola alta para a área. Vida dura para o treinador Abel Resino. E olha que eu acreditei também.

Foto - Agüerro

Talento brasileiro na Itália


Parece que a transferência fez bem ao talentoso meio campista Diego, na Itália ele vai aparecer mais. Consagrado na Alemanha, jogando pelo Werder, Diego agora joga em um clube mundial que é a Juventus de Turim. A Juve é a maior campeã da Itália e está mais que acostumada a disputar títulos. Diego chegou e começou a jogar muito bem. No último jogo, contra a Roma, o ex-Santos fez dois gols e se movimentou muito, abriu espaços e cravou o nome dele com a torcida.
Diego não pode reclamar de falta de oportunidade com a camisa da seleção brasileira. Chance ele teve, entretanto, nunca ele se impôs como ele tem feito no futebol italiano. Jogando o que ele está jogando, Diego pode muito bem voltar a ser convocado. Tomara!

Foto- Diego com a camisa da Juventus

Tardelli foi profissional


Várias vezes fiquei com o pé atrás com o artilheiro Diego Tardelli. Jogador que é habilidoso e que não arrebentou efetivamente. Sei dos problemas que ele já teve de comportamento e percebi uma melhora grande no Atlético. Penso até que o rendimento técnico dele caiu nos últimos jogos, entretanto, atribuo a falta de gols ao momento de superlotação do departamento médico alvinegro - que atende Serginho e Márcio Araújo, homens responsáveis pela transição de defesa/meio/ataque. Tardelli sempre teve seu nome vinculado a uma falta de compromisso profissional, falta de envolvimento com os clubes, mas o que ele fez ontem no jogo contra o Sport é digno de elogio. O árbitro Paulo César de Oliveira marcou uma falta de Diego Tardelli que havia voltado até a lateral direita para cobrir a marcação. Tardelli questionou a marcação, como fazem todos os outros jogadores de futebol, Paulo César saiu feito louco e peitou e esperou uma reação, ou desculpa, para expulsar o jogador atleticano. Diego Tardelli foi muito profissional e comprometido com a causa atleticana, ele não respondeu e deixou o árbitro falando sozinho.

Foto- Tardelli no jogo Atlético x Sport - Globoesporte.com

Não, muito obrigado

A sensação que tenho é que às vezes a sorte sorri para muita gente e muitos não se mostram competentes para caminhar com ela. O campeonato brasileiro parece querer dar muitas oportunidades e muitos times tropeçam e deixam a sorte passar. O momento é do Inter. Enquanto todos lá de cima empatam ou perdem o Inter começou a ganhar e a distância que era grande já está pequena. Os que querem se aproximar do grupo da Libertadores vivem o mesmo grama. O Atlético vê os times não distanciarem e, ao mesmo tempo, não consegue dar um passo maior que um ponto. O Avaí, que recuperou de um início tenebroso, chegou e não conseguiu avançar contra o Coritiba. O mesmo fenômeno acontece na Série B. Com tudo para ampliar a vantagem, o Vasco perde para o Ceará no Maracanã. Podendo então assumir a liderança o Atlético GO não passou de um sofrido empate contra o Bragantino e segurou apenas o segundo lugar.
Quer exemplo maior de oportunidades que o campeonato mundial de Fórmula 1? Button, o líder, parou de vencer e até nem, pontuou. Rubinho que poderia chegar mais e fazer pressão, viu seu carro ser ultrapassado por todos na largada e fez uma corrida de recuperação. Webber e Vettel pouco conseguiram também.
A sorte está aí. Basta estender a mão que ela aceita. Falta competência!
Abaixo segue o quadro de classificação da F1. Fonte: Globo Esporte.com

Posição Piloto País Equipe Pontos
1 Jenson Button ING Brawn-Mercedes 72
2 Rubens Barrichello BRA Brawn-Mercedes 56
3 Sebastian Vettel ALE RBR-Renault 53
4 Mark Webber AUS RBR-Renault 51,5
5 Kimi Raikkonen FIN Ferrari 34
6 Nico Rosberg ALE Williams-Toyota 30,5
7 Lewis Hamilton ING McLaren-Mercedes 27
8 Jarno Trulli ITA Toyota 22,5
9 Felipe Massa BRA Ferrari 22
10 Heikki Kovalainen FIN McLaren-Mercedes 17
11 Timo Glock ALE Toyota 16
12 Fernando Alonso ESP Renault 16
13 Nick Heidfeld ALE BMW Sauber 10
14 Giancarlo Fisichella ITA Force India-Mercedes 8
15 Robert Kubica POL BMW Sauber 8
16 Sebastien Buemi SUI STR-Ferrari 3
17 Sebastien Bourdais FRA STR-Ferrari 2
18 Adrian Sutil ALE Force India-Mercedes 0
19 Nelsinho Piquet BRA Renault 0
20 Kazuki Nakajima JAP Williams-Toyota 0
21 Jaime Alguersuari ESP STR-Ferrari 0
22 Romain Grosjean FRA Renault 0
23 Luca Badoer ITA Ferrari 0

In Rafa we trust


Existem alguns hábitos no futebol brasileiro que já fazem parte da rotina do mundo da bola. O Mineirão é conhecido como lugar de comer feijão tropeiro; as torcidas vaiando os árbitros antes da bola rolar; as brigas que acontecem em dia de clássicos; a mania de pedir a cabeça do treinador. Atualmente, não gosto de nenhum dos hábitos citados acima. O que mais me deixa chateado é a implicância com o cargo de técnico no Brasil. Adilson Batista tem sido alvo de críticas desde a sua chegada ao Cruzeiro. Errou a acertou inúmeras vezes e vai continuar errando e acertando muitas outras vezes. Celso Roth, no Atlético, começa a ouvir uns gritos de "burro". Ele pegou um time desacreditado e acostumado a derrotas, levou o time ao primeiro lugar do campeonato, deu uma cara de time e, com o passar do tempo, o time começou a ser melhor marcado e perdeu vários jogadores por lesões. Qual seria o motivo que levaria as diretorias de Atlético e Cruzeiro a fazerem um mudança no comando técnico?
Em um mundo diferente, com cultura e profissionalismo diferentes as coisas são também diferentes. Na Inglaterra, onde o campeonato local é muito disputado e já passa de 100 anos, alguns técnicos até são demitidos e outros chegam para trabalhar projetos novos. O maior campeão inglês, o Liverpool, não conquista um título nacional há quase 20 anos. Foi vice ano passado, perdendo apenas dois jogos, e começou a temporada 2009/10 com duas derrotas em quatro jogos. Para demonstrar o carinho, respeito e confiança no trabalho do técnico Rafa Benítez a torcida tem levado faixas e bandeiras para os estádios e vários reds têm usado camisas com dizeres: "In Rafa we Turst", em Rafa nós confiamos.
Eu sei que lá não tem tropeiro e tem muito árbitro que erra, no entanto, será que nossas torcidas não precisariam pensar um pouco mais?

Foto - Camisa usada nos jogos do Liverpool FC

sábado, 29 de agosto de 2009

Você conhece o Debreceni?


Vai começar a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Os olhos do mundo verão Barcelona, Manchester, Inter, Liverpool, Real, Bayern, Debreceni, etc. Debreceni? Sim! O campeão húngaro também vai disputar a Liga. A proposta é conhecer um pouco dos clubes que entram na principal competição de clubes da Europa, especialmente os que buscam um lugar ao sol.

Debreceni
Clube da cidade de Debrecen, que está a 200 km de Budapeste. Considerada a segunda cidade da Hungria, Debrecen está experimentando um crescimento muito grande nos últimos anos, muito em função de investimento de capital estrangeiro. Uma das principais universidades da Hungria está em Debrecen.
O clube foi fundado em 12 de março de 1902 como Egyetértés Football Club. Em 1912 houve uma separação entre os fundadores e o clube passou a se chamar Debreceni Vasutas Sport Club.
Com o início do profissionalismo na Hungria, em 1926, o Debreceni perdeu espaço para o Bocskay. Enquanto o Bocskay crescia o Debreceni caía para divisões inferiores. Em 1940 o Bocskay faliu e o Debreceni voltou a crescer e buscou voltar à primeira divisão. Em 42/43 o Debreceni voltou e permaneceu por quatro anos. De lá para cá, nos últimos 50 anos, a equipe subiu e caiu sete vezes. Em 67 o Debreceni chegou a disputar a terceira divisão húngara. Em 93 a equipe firmou o pé na primeira divisão e derrapou apenas em 2001, no entanto, contou com a sorte de ver que a equipe do Budapeste BKV Elöne, que subiu, havia desistido de disputar a primeira e o Debreceni foi convidado a voltar. A oportunidade de ficar na primeira fez despertar em um empresário local o desejo de investir. Gábor Szima colocou a mão no bolso e buscou administrar o clube. Em 2005 o centenário Debreceni foi campeão pela primeira vez. Feito que se repetiu em 2006, 2007 e 2009. Em 2009/10 o Debreceni vai disputar pela primeira vez a fase de grupos da Liga dos Campeões. Caiu no Grupo E. Na luta contra os húngaros estão o penta campeão Liverpool, o Lyon e a Fiorentina. Vida dura!

Uniformes
Na fundação as cores eram vermelho e branco.
Em 1925 o uniforme usado foi verde e branco.
Em 1937 passou para violeta e branco.
Algumas vezes o time chegou a usar amarelo e azul.

Nomes
Após a segunda guerra a política tomou conta do futebol húngaro e o Debreceni mudou de nome várias vezes.
48/49 - Debreceni Vasutas Sport Egyesület
49/55 - Debreceni Locomotive (ganhou o apelido de Loki)
56 - Törekvés
57/79 - Debreceni Vasutas SC
79- União do Debreceni Vasutas SC e DMTE, formando Debreceni Munkas Vasutas Sport Club (DMVSC). Durou 10 anos.
89 até hoje- DVSC - Debreceni Vasutas Sport Club

O time

Basicamente formado por húngaros e muitos deles servem à seleção nacional. Um hondurenho, um sérvio, um montenegrino e três brasileiros, dentre outros jogam pelo Debreceni. Os brasileiros são o zagueiro pela esquerda Hugo de 22 anos. No Brasil ele já defendeu o Friburguense e o Vasco. Outro zagueiro é o Leandro de 27 anos. Leandro jogou no Corinthians, Londrina e Atlético Paranaense. Vinícius é o outro brasileiro, um jovem de 20 anos que passou pelo Porto Alegre.

Foto - Fundação do Debreceni em 1902 - site oficial do clube.

Quanta diferença!


Milan e Inter conquistaram 17 títulos italianos. Milan e Inter são da mesma cidade.
Milan e Inter vão disputar Liga dos Campeões. Milan e Inter mandam os jogos no mesmo estádio. Milan e Inter têm vários jogadores de diversas seleções.As semelhanças entre as duas equipes ainda devem ser várias, mas o momento dos dois é muito diferente. A Inter não tomou conhecimento do mando de campo do Milan e acabou com o principal e histórico rival, 4 a 0. Maicon foi muito bem pela direita. Jogando em alta velocidade e, do outro lado, Ronaldinho Gaúcho não acelerou nenhuma jogada e foi substituído. A diferença era tanta que parecia um jogo entre equipes de categorias diferentes. O Milan parecia jogar com o time de senior e a Inter esbanjou forma física.

Foto - Centenário Inter - siteoficial

Janela gente boa


A tal janela de contratações, que costuma assustar os clubes do Brasil, fez muito bem ao Galo. As especulações sobre as vendas de Éder Luís e Diego Tardelli, por enquanto, não fizeram estrago em Vespasiano e, precavido, o Galo aproveitou a abertura da janela e olhou para o mercado. Trouxe Coelho, Corrêa, Benítez, Jorge Luís e Rentería. Um lateral direito, posição carente. Um volante/meia para recompor a posição dos contundidos Márcio Araújo e Serginho. Dois zagueiros que amadurecem uma atual dupla de zaga formada na base e um atacante de nome que briga por uma camisa titular. A tal janela que poderia complicar se tornou uma janelinha muito gente boa!

Guilherme foi promovido


E não é que a saída do atacante Wagner Love foi ótima para o ex-cruzeirense Guilherme? Precisando de recompor elenco, Zico, que sempre elogiou Guilherme, não teve dúvida e mandou buscar o maranhense. Para o Guilherme foi ótimo. Saiu da obscura Ucrânia e foi para a Rússia, que tem transmissão dos jogos direto para o Brasil. Além do fato de trabalhar com Zico, que pode acrescentar muito ao brasileiro.
Na Liga dos Campeões a vida do Dínamo seria muito dura, para o CSKA não haverá vida fácil, mas a possibilidade é mais provável.

Foto - Guilherme no Dínamo - Globo Esporte.com

Contrato de Caçapa é de risco


Então tá bom! Chama o Edmundo e contrata. Ele é bom, já foi artilheiro, chama a atenção de qualquer zagueiro e sabe jogar. Ou não, vamos fazer do Pedrinho um novo Pedrinho. Bate falta como poucos e tem uma perna esquerda calibrada. Para evitar qualquer tipo de problema, até pelo longo tempo de inatividade, que tal um contrato de risco. Sim! Assim como o que foi feito com o Sorín, ano passado. Todos sabemos que Cláudio Caçapa é um grande jogador. Boa saída de bola, liderança em campo, maturidade, boa técnica, etc. Sabemos também que ele ficou parado um bom tempo e que atuando pelo New Castle não deixou saudades. O mais normal é o que foi feito: contrato de risco até o final do ano. Por quais motivos o contrato de risco não está sendo muito badalado? Um deles é que Caçapa tem uma boa imagem e não querem constranger o jogador. Outro é que Caçapa não foi contratado pelo Atlético e todos nós sabemos da ligação existente entre o clube e o profissional, contratar Caçapa não deixa de ser "passar a perna no rival", o problema é que ninguém pode afirmar o que vai ser de Cláudio Caçapa, que ficou um bom tempo parado e já tem 33 anos.
Será que vai dar certo?

Foto - Superesportes/Divulgação Cruzeiro

SUPER de amanhã

Antecipando a coluna do SUPER de domingo.

A hora do recomeço
A rodada marca encontros muito importantes para hoje. O clássico São Paulo e Palmeiras, normalmente já é um grande jogo e, nas atuais circunstâncias, coloca frente a frente o líder contra o terceiro colocado. Em Porto Alegre jogam Inter x Goiás. Outro jogo da parte de cima da tabela, ou seja, a chance de o Atlético voltar a freqüentar o grupo da Libertadores é muito grande. Basta o Atlético vencer e contar com algum tropeço ou empate dos líderes. Entretanto, para somar os pontos é necessário ganhar do Sport. O Leão da Ilha do Retiro talvez seja a grande decepção do campeonato. Fez uma primeira fase da Libertadores muito boa e depois que saiu não se encontrou mais. Hoje o time é outro e a pressão é diferente. A tendência é esperar um Sport fechado e buscando sair nos contra-ataques, sempre que o Atlético jogou contra times com a mesma postura o sofrimento foi grande. Acredito na vitória e na volta ao G 4. A volta ao grupo da Libertadores representa a valorização de todo um trabalho, afinal de contas, o famoso problema de elenco vai aos poucos sendo minimizado. Chegaram várias opções e ainda podem vir outras do departamento médico. É possível sonhar sonhos mais felizes.

“Acredito na vitória e na volta ao G 4. A volta ao grupo da Libertadores representa a valorização de todo um trabalho”
Cruzeiro- A sequência de jogos do Cruzeiro vai permitir entender bem o que o time pode alcançar na competição. São Paulo, Inter, Palmeiras, Barueri, Avaí, Goiás e Atlético são os próximos adversários, depois de hoje contra o Vitória. Todos estão acima na tabela de classificação. Para sonhar com algo diferente da posição intermediária é preciso tirar pontos deles.
Valorização- O título da Série C vale muito para o América? Não! O que valeu foi voltar a disputar a Segundona. Já para o grupo de jogadores vale muito. O jogador quando fala que foi campeão da Série C ele indica que tem uma passagem positiva em um clube. Indica que sabe o que é ser competitivo, batalhador. Ganhar do Guaratinguetá significa ficar mais valorizado.
Luis Fabiano- Os grupos da Liga dos Campeões já foram sorteados. Vários jogos são imperdíveis. O grupo C reúne 19 títulos e a possibilidade de ver Kaká jogando contra o Milan. Contudo, o grupo G, do Sevilha, é o mais fácil. Já é possível até apostar que Luis Fabiano tem a grande chance de ser artilheiro da Liga 09/10.
Sofrimento- A situação dos times do Rio é muito complicada. O Flamengo, que já esteve na briga em cima, parou de pontuar e vê as chances diminuírem a cada dia. O Botafogo está na zona de rebaixamento e o Fluminense assumiu a lanterna. Pelo andar da carruagem, ao menos um vai cair. A única torcida que vai comemorar é a do Vasco, que volta sem maiores problemas.

A Liga das Estrelas começa


La Liga, a Liga das Estrelas, ou o Campeonato Espanhol começa hoje. É o último dos grandes campeonatos a começar. Recheado de história, craques e gols o campeonato 2009/10 tem tudo para ser bem equilibrado entre os dois históricos favoritos. Disputado desde 1928/29, quando o Barça foi campeão, La Liga teve nove campeões diferentes e o predomínio dos gigantes é inegável. O Real conquistou 31 títulos. O Barcelona 19. Depois deles a terceira força é o Atlético de Madri com 9 conquistas. O Athletic de Bilbao (junto ao Real e Barça é o outro que nunca caiu) conquistou 8, Valencia 6, Real Sociedad 2 e Sevilla, Rea Betis e La Coruña com uma conquista.
Por sete vezes o artilheiro da competição foi um brasileiro:
65/66 - Vavá com 19 gols pelo Elche.
66/67 - Waldo com 24 gols pelo Valencia.
88/89 - Baltazar com 35 gols pelo Atlético de Madri.
92/93 - Bebeto com 29 gols pelo La Coruña.
93/94 - Romário com 30 gols pelo Barcelona.
96/97 - Ronaldo com 34 gols pelo Barcelona.
03/04 - Ronaldo com 25 gols pelo Real Madri.

Os jogos do fim de semana:
Real x La Coruña
Zaragoza x Tenerife
Athletic Bilbao x Espanyol
Málaga x Atlético Madri
Mallorca x Xerez
Osasuña x Villarreal
Racing Santander x Getafe
Valencia x Sevilla
Almeria x Valladolid
Barcelona x Sporting Gijón
A primeira rodada marca duas partidas entre times que já foram campeões. Real Madri e La Coruña - que terá pontapé inicial do jamaicano Usain Bolt, e Valencia x Sevilla.

Palpite
O título não escapa dos dois grandes rivais. O Barcelona ganhou tudo o que disputou na temporada passada e até por isso o Real vem muito forte. É apenas um palpite: fica com o Barça. Atenção para o Atlético de Madri que tem um bom time e que não se acertou tanto na temporada anterior, no entanto, manteve a base.

Abaixo segue uma receita espanhola.

FABADA ASTURIANA
1/2 quilo de feijao branco ( o típico é um feijao bem grande )
200 gramas de linguiça de porco
200 gramas de chouriço de sangue de porco (é de cor preta)
125 gramas de toucinho
3 batatas
2 alhos socados
1 cebola picada
Deixar de molho em água na noite antes o feijão. No dia seguinte colocar em panela grande e juntar a linguiça,o chouriço e o toucinho e deixar ferver de 25 a 30 minutos ou até que esteja o feijão mole.
Numa frigideira refogar o alho e a cebola e juntar ao feijão. Cortar as batatas em pedaços de tamanho médios e apagar o fogo quando a batata estiver cozida. BOM APETITE!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Palpites do Brasileiro

Coritiba x Avaí
Coritiba- Já que ninguém consegue bater o time de Silas entra em campo a rivalidade local. O Coxa está desesperado e melhorando na competição.

Flamengo x Santo André
Flamengo- Não é pela Copa do Brasil então dá Flamengo. O Santo André é um time perigoso e joga sem compromisso fora de casa. Não será fácil, mas acredito no Flamengo operário.

Náutico x Atlético PR
Náutico- Conversamos com o presidente do Náutico e, segundo ele, a única forma de escapar do rebaixamento é vencendo em casa. É pressão pra cima do Furacão.

São Paulo x Palmeiras
São Paulo- Dois times fortes. O Palmeiras é o líder e o Tricolor encara a partida como uma final, como uma chance de chegar. O São Paulo é melhor.

Santos x Fluminense
Santos- O Peixe fez uma boa partida contra o Inter e entende que vencendo os jogos em casa dá uma arrancada. O Flu tem jogado melhor fora de casa, mas na Vila dá Peixe.

Atlético x Sport
Atlético- Sem vencer no Brasileiro e mesmo assim com chances reais de voltar ao G 4, o Atlético vai atacar e deve ganhar. O Sport vem desfalcado e recuado.

Inter x Goiás
Inter- O empate contra o santos deixou claro que o time precisa garantir pontos contra os da parte de cima da tabela. O Goiás parece perder um pouco da força, apesar de Fernandão que deve voltar ao Beira-Rio.

Vitória x Cruzeiro
Empate- Um colado no outro na tabela, jogo importante para os dois. Os desfalques pesam muito contra o Cruzeiro, no entanto, o Vitória mostrou que não era aquilo tudo.

Botafogo x Grêmio
Empate- O Grêmio fora é no máximo engraçado e o Botafogo sentiu a semana do rebaixamento. Contra o Cruzeiro o time vinha bem até perder o Fahel.

Palpites do Inglês


O campeonato não está como eu queria, mas está bom. É muito bom ver o Tottenham fazendo uma campanha consistente. Ano passado, o tradicional time londrino, custou a acordar e comprometeu a participação. Na atual temporada quem não acordou ainda é o Everton. Rival do Liverpool, o time perdeu o zagueiro Lescott e em campo a coisa está muito feia, é o lanterna com apenas dois jogos.

Chelsea x Burnley
Chelsea- Será que o Burnley apronta? Não acredito! Os blues estão bem e confiantes. É verdade que os novatos do Burnley já venceram os atuais campeões, no entanto, em Stamforf dá Chelsea.

Blackburn x West Ham
Blackburn- Em casa e frequentando a zona de rebaixamento, acho que jogou a hora dos Rovers. O West Ham não está mostrando nada de especial, a não ser a fúria da torcida.

Bolton x Liverpool
Liverpool- Eu não desisto nunca. Time por time não existe como comparar. A ausência de Xabi está sendo muito sentida. A frustração pelas duas derrotas já chegou e é hora de vencer. Não acredito no Bolton.

Stoke x Sunderland
Empate- O Stoke depende das cobranças de lateral do Rory Delap e o Sunderland está mais consistente. Empate com gols.

Tottenham x Birminghan
Tottenham- Esquece! O time é bom. Joga para frente e pega o Birminghan em casa? Dá Tottenham até com alguma facilidade.

Wolverhampton x Hull City
Wolverhampton- Os Wolves ganham por jogarem em casa e encararem a partida como uma briga direta. É o jogo do 14o contra o 15o.

Manchester United x Arsenal
Empate- Briga de gente grande! O Arsenal está em um grande momento. É um time mais leve e ataca com muita velocidade, entretanto, o Manchester precisa do resultado e joga em casa.

Portsmouth x Manchester City
Manchester City- O City é o único time que não levou gol no campeonato e joga contra um deseperado Portsmouth, penúltimo na tabela.

Everton x Wigan
Everton- O Goodson Park foi o palco da goleada contra o Arsenal e agora, em crise, é o palco do início de uma recuperação. Tem que vencer e acredito que vença até [pela imposição física.

Aston Villa x Fulham
Aston Villa- Dá Villa! Animados e com a presença da torcida o Villa tem tudo para vencer o Fulham, que ainda deve se recuperar na competição.

Foto - Liverpool comemorando gol. Passou da hora de se repetir a cena.

O TEMPO de hoje

Trago aqui a coluna de O TEMPO publicada hoje.


Dunga x Maradona
Diego Maradona foi um craque. Um jogador daqueles de parar o trânsito. Era só a bola chegar nele que algo diferente acontecia. Era toque rápido, drible curto, chute certeiro. Diego era um show! Com ele os argentinos sonharam, encantaram e foram campeões. Maradona tem um encontro marcado com Dunga. Dunga foi um líder dentro de campo. Capitão daqueles de fazer tremer. Era só ele chegar perto de algum companheiro que o jogador acordava em campo. Era um jogador de raça, pegada forte, vibração, Dunga era um atleta! Com ele o Brasil transpirou mais, disputou mais e foi campeão. Dunga vai pegar Maradona pelas eliminatórias. Com a bola nos pés Maradona foi muito melhor. Maradona perdeu só para ele mesmo e nos deixou afastados de sua genialidade. Maradona é sinônimo de arte. Dunga sempre pareceu ser competitivo, obstinado. Ele lutou contra preconceitos, padrões e venceu. Ergueu a taça, desabafou e chorou. Na vida, Dunga não perde para ninguém. Dunga é sinônimo de perseverança. Seria muito bom se Maradona tivesse sido mais atleta, mais Dunga. Seria ótimo se Dunga tivesse sido mais habilidoso, mais Maradona. Hoje, o tempo passou para os dois, entretanto, para Brasil e Argentina o tempo nunca passa.

“Dunga sempre pareceu ser competitivo, obstinado. Ele lutou contra preconceitos, padrões e venceu”
Janela- É inevitável a perda de jogadores para o mercado europeu. Alterar calendário apenas minimiza o estrago. Será que é possível usar a janela para o outro lado? Sim! Atlético e Cruzeiro deram exemplo. Rentería, Corrêa, Guerrón, Leandro Lima chegaram e reforçaram os mineiros. Afinal de contas a janela abre para os dois lados. Qual o motivo de não aproveitar?
Liedson- Sempre gostei do futebol do “levezinho”, apelido dado pelos portugueses ao brasileiro Liedson, e agora ele virou adversário. Liedson foi convocado para defender a seleção de Portugal. Que seja feliz! O trabalho para a conquista de uma vaga na África do Sul será árduo. Portugal está em terceiro lugar com quatro pontos a menos que o segundo, a Hungria.
Villa- Depois de fazer a torcida sofrer por um bom tempo, tudo indica que as coisas vão tomar outro rumo e o Leão vai voltar a crescer. A começar pela contratação do treinador Moacir Júnior. Moacir, que já fez bons trabalhos no Tupi, Social e Democrata, pode cravar o nome como um treinador de sucesso à frente do Villa.
Messi- Pulga era o apelido dele quando criança e agora atende por Lionel Messi. Ele foi eleito o melhor jogador do futebol europeu de 2008/09, quando foi campeão de tudo que disputou na Europa pelo Barcelona. Ele também foi eleito o melhor atacante. Xavi foi o melhor jogador de meio campo; Terry, do Chelsea, foi o melhor defensor e Van Der Sar o melhor goleiro.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Gostinho de...sei lá


Não sei direito para que lado vai o Cruzeiro. Vai subir! Era assim que eu pensava depois de ver os resultados obtidos fora de casa. Vai descer! Assim eu pensei quando vi o primeiro tempo do Cruzeiro contra o Botafogo. O Cruzeiro está perto do quarto colocado, seis pontos apenas. O mesmo Cruzeiro tem apenas quatro pontos distante do Botafogo, primeiro a ser rebaixado. O olhar do confiante enxerga a parte de cima. O olhar do descrente percebe que está complicado. Não adianta lamentar as ausências, a janela, o campo molhado, tais situações ocorrem com os outros clubes e fazem parte do jogo.

Foto - Superesportes

Quem vem lá?


Com o corte do volante Josué o esperado é que Dunga convoque um jogador que atue no Brasil, já que a data limite para convocação e liberação de "estrangeiros" já passou. O site da CBF, na terça feira anunciou que o nome do convocado seria divulgado no dia seguinte, e não foi! Entrei ontem, várias vezes no dia e em períodos diferentes. De uma hora para a outra a informação de que a convocação sairia sumiu, o que dá margem a persarmos que algo de diferente está acontecendo. O que seria?
- Ontem o volante Elias jogou pelo Corinthians e Dunga deveria avaliá-lo novamente?
- Hoje jogam os volantes do Cruzeiro e Fabrício é um jogador que pode ser observado?
- Ontem jogou Denilson, do Arsenal. Será que a CBF está tentando um acordo para a liberação dele?

Foto - Denilson, Arsenal - Site Globo Esporte

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Para Kleber e Tardelli


Que tal um pacto? Kleber pede para não mais ser chamado de Gladiador e Diego Tardelli não comemora gols apontando armas?
Será que nossos craques estão sendo bem aproveitados?
É possível fazer o bem a alguém?

Foto - site LiverpoolFC.com

Precocidade

Com cinco anos já dá para ver se o pequeno vai virar um craque? Não acredito! O que sei é que com cinco anos já dá para arrancar um dinheirinho do pai.
Olhem o que tem no site do FC PORTO. É! O Porto!

18/08/2009
Vitalis Park acolhe nova edição do Dragon Dream

Está agendada para o dia 30 de Agosto mais uma edição do Dragon Dream, evento de detecção e observação de talentos destinado a jovens jogadores e guarda-redes nascidos em 2001, 2002, 2003 e 2004. As inscrições na iniciativa, com chancela do futebol jovem portista, decorrem até 25 de Agosto.

Os jovens talentos do futebol de formação continuam a ter no Dragon Dream uma etapa estimulante para efectuarem os seus primeiros passos na prática desportiva. Desta vez será o Vitalis Park a acolher a iniciativa, agendada para 30 de Agosto.

O programa do evento conta com a recepção aos participantes, marcada para as 13h30, seguindo-se o período de observação e a reunião com os Encarregados de Educação dos jovens jogadores.

As inscrições nesta edição do Dragon Dream decorrem até ao dia 25 de Agosto.

Ricardo Marques elogia Simon


No dia em que o senador Eduardo Suplicy mostrou cartão vermelho para José Sarney, a Faculdade Pitágoras recebeu o programa Globo Esportivo. Estávamos lá, eu, Pequetito, Cláudia Giúza e toda a equipe. O convidado foi o árbitro FIFA Ricardo Marques Ribeiro. Muito tranquilo e solto, o árbitro foi bastante simpático com os alunos e respondeu a algumas perguntas "cabeludas". Ricardo disse que nunca fizeram nenhuma proposta financeira para arrumar resultado, no entanto, ele sabe que existem casos assim. Outra pergunta foi em relação ao preparo que um árbitro deve ter nos aspectos emocionais, técnicos e físicos. Ele destacou que de 2007 até agora, ele foi sete vezes até a Granja Comary para aperfeiçoar fundamentos e parte física e classificou a experiência de fazer cursos com dois árbitros ingleses como muito interessante. Perguntado sobre a regulamentação da profissão Ricardo se mostrou favorável ainda que, em alguns casos, o rendimento mensal venha a cair, no entanto, a profissão dá garantias de um futuro mais estável.
Sobre outros colegas de profissão, o árbitro mineiro disse que tem Carlos Eugênio Simon como a grande referência no apito "ele está no auge e vai para a terceira Copa do Mundo".

Tá na hora de chamar o Kalil

Compreendo e respeito a decisão do Atlético de priorizar o Brasileiro, quase todos deixam a Sulamericana de lado. Na minha opinião tornar a competição um passaporte para a Libertadores não resolve o problema de fazer o torneio atraente, já que apenas um chega e os outros ficam pelo caminho. Aumentar o valor pago por etapas da competição já ajuda a melhorar e talvez um duelo com o campeão da antiga Copa Uefa traga mais status ainda. Contudo, enquanto não mudam nada, o Galo vai com time misto e inexperiente. A grande expectativa é saber como o lateral Felipe Cordeiro vai se comportar, acredito nele. Outro atrativo da noite é o colombiano Rentería. Do outro lado vem um Goiás forte e acostumado a jogar junto. Pode ser considerado favorito? Talvez, mas desprezar o fator casa é complicado!
Abaixo segue matéria de jornal goiano e você vai poder perceber que o adversário que o jornal teme é o Cerro Porteño, e não o Galo. Está na hora de chamar o presidente e mostrar para ele o jornal, afinal de contas, para eles, o adversário de hoje é apenas um detalhe.

Embalo do Fernandão
Atacante será titular contra o Atlético-MG na estreia da Sul-Americana
26/08/2009




Publicidade Jornal Impresso - Anuncie!
Fechar anúncio

Diário da Manhã
3267-1000
www.dm.com.br


Comandado por Fernandão e no embalo da vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o Goiás reinicia o sonho de título internacional contra o Atlético-MG hoje, às 21h50, no Mineirão, em Belo Horizonte. A Copa Sul-Americana é disputada no sistema mata-mata. O jogo de volta está marcado para o dia 16 do próximo mês, no Serra Dourada.
Além de Fernandão, a dupla de artilheiros do time no Brasileiro, Iarley e Felipe, é uma das esperanças de vitória do Goiás esta noite. Na estreia do Verdão na Sul-Americana, em 2004, o time esmeraldino eliminou o Galo com vitória (4 a 2) em Goiânia e empate (1 a 1) em Minas Gerais. A melhor participação alviverde foi em 2007, quando perdeu a chance de avançar às oitavas-de-final ao ser desclassificado pelo Arsenal, da Argentina.
Sem eleger como única prioridade o Brasileiro, o Verdão vai com força máxima para buscar o inédito título internacional e vislumbra grande chance de chegar à final. Neste primeiro desafio, o técnico Celso Roth, do Atlético, não demonstrou nenhum interesse pela Sul-Americana. Tanto é que vai jogar em casa contra o Goiás com o time reserva. Tardelli, Welton Felipe, Éder Luis, Renan Oliveira, Thiago Feltri, todos estão de fora.
Em caso de eliminar o Galo, o alviverde goiano encara nas oitavas-de-final o Cerro Porteño, o único adversário que pode (e deve) incomodar. Atual campeão paraguaio, o time faz prevalecer o mando de campo e não tomou conhecimento do Laz Paz na primeira fase da competição. Na sequência, o Goiás teria adversários relativamente tranquilos. Emelec (EQU), Zamora (VEN), Botafogo ou Atlético (PR). Um desses quatro times seria o adversário do Goiás nas quartas-de-final.

Fonte: D.M.com.br

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Palpites fora de hora

Com o atraso de dois jogos na tabela, a semana, que era para ser de folga de Brasileirão, vai apresentar dois belos jogos.

Santos x Inter
Empate- O Santos perdeu no Serra Dourada e vai receber um belo time que alterna muito. Tem a responsabilidade de definir e pode ser surpreendido.

Botafogo x Cruzeiro
Cruzeiro- O Botafogo tem jogado um bom futebol fora de casa e tem derrapado no Engenhão. Estevam chegou a pensar em colocar três atacantes e se fizer isso vai errar. O Cruzeiro está recuperando a confiança e tem volantes que marcam bem e posicionam bem com a posse da bola.

30 é a camisa dele


Voltando ao caso Kleber/Porto. Se ele for mesmo, o número da camisa não vai ser problema. No elenco atual do Porto nenhum jogador usa a 30.

PLANTEL 2009/2010

Nº Nome Posição
1 Helton Guarda-Redes
24 Beto Guarda-Redes
33 Nuno Guarda-Redes
16 Maicon Defesa

18 Nuno André Coelho Defesa
13 Fucile Defesa
21 Sapunaru Defesa
2 Bruno Alves Defesa
22 Miguel Lopes Defesa
14 Rolando Defesa
15 Álvaro Pereira Defesa
26 Prediger Médio
6 Guarín Médio
3 Raul Meireles Médio
20 Tomás Costa Médio
7 Belluschi Médio
25 Fernando Médio
8 Valeri Médio
9 Falcao Avançado
10 Cristián Rodríguez Avançado
11 Mariano González Avançado
12 Hulk Avançado
17 Varela Avançado
19 Farías Avançado
29 Orlando Sá Avançado

Fonte: site do FC Porto
Foto : site Superesportes

Se o destino for o Porto...


As especulações de transferência em torno de um grande jogador são comuns, no caso do atacante Kleber a situação é a mesma. O nome do atleta já teria sido sondado pelo Liverpool, St. Ettiene e o rumor mais forte foi do FC Porto. O time português poderia desenbolsar o valor da multa contratual e apresentar, perto do fim da abertura da janela, o atacante brasileiro. Se for contratado pelo Porto, Kleber continuará usando uma camisa azul e branca e continuará disputando títulos,só que em dimensões diferentes. No Cruzeiro Kleber quase foi campeão da Libertadores, já no Porto, é muito difícil ser campeão da Liga.
O clube português é recheado de jogadores de seleção de diversos países. Um trio uruguaio foi convocado de lá para defender a Celeste Olímpica, dentre eles está o bom meia Cristian Rodríguez.
Caso seja confirmada a compra de Kleber, o FC Porto faria a recomposição de elenco, já que o selecionável argentino Lizandro Lopez foi para o Lyon. Ao lado de Kleber estará o brasileiro Hulk. Já pensou se der confusão? Kleber e Hulk metem medo!

Foto - FC Porto- site oficial

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Eu acredito em quem?

Que a Série D é escondida eu sei. Que várias coisas estranhas devem acontecer eu também acredito, mas o jogo que eliminou o Uberlândia, em Araguaia(MT), teve qual público afinal?
Todas as informações abaixo foram retiradas do site oficial do Araguaia Atlético Clube do Mato Grosso.
Para trazer a informação que deve ser correta, o site da CBF publica a informação de que o público foi de 1743 torcedores.


24/08/2009
Araguaia derrota o Uberlândia e segue na D



Contando com apoio em massa da torcida, que lotou o Bilinão,uma promoção reduziu o preço dos ingressos pela metade, o Araguaia conseguiu uma grande vitória, por 2 a 0 sobre o Uberlândia, no jogo de volta, e segue firme para a terceira fase da Série D. O Uberlândia foi eliminado. Na terça-feira passada, os dois times fizeram o primeiro confronto no Parque sabiá (em Minas Gerais, com portões fechados) e o “Verde” fez o dever de casa, vencendo por 3 a 2, e garantindo a vantagem do empate. Ontem, em Alto Araguaia, foi a vez da equipe da casa vencer em seus domínios...
24/08/2009
Araguaia faz a lição de casa e tira Uberlândia



O estádio Bilinão recebeu um grande público. Para atingir a capacidade máxima do estádio, que é de quatro mil pessoas sentadas, a diretoria do clube baixou o valor do ingresso de R$ 10 para R$ 5,00. A promoção deu certo e o torcedor compareceu em massa. Foram mais de três mil torcedores que acompanharam a vitória do vice-campeão mato-grossense...


23/08/2009
Araguaia vence e se classifica para a 3ª fase

Com pouco mais de dois mil torcedores no estádio, o Araguaia fez o dever de casa e venceu o Uberlândia Esporte Clube pelo jogo de volta da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D

Leandro Lima já foi gato e era George


O Cruzeiro apresentou hoje o meia Leandro Lima. O jogador foi destaque na seleção brasileira sub-20 e também no São Caetano. De São Caetano ele foi para o FC Porto e por lá ele passou por um péssimo momento na carreira. Leandro Lima confessou que permitiu a alteração de seus documentos e, inclusive, disputou pela seleção a competição sub-20 de forma irregular. Leandro, que na verdade, até alterou também o nome, nasceu em 09/11/85 e pelos documentos a data era de 19/12/87.
Um fato curioso e que dá indícios de que outros tantos casos devem existir é que em Belo Horizonte estão dois jogadores com o mesmo problema, Leandro Lima e Carlos Alberto (Atlético)
Abaixo segue Jornal de Portugal explicando o caso.

Clube foi ilibado no caso da documentação falsa do jogador
FC Porto: Leandro Lima punido com três meses pela Comissão Disciplinar da Liga
23.05.2008 - 20h04 Lusa
O futebolista Leandro Lima foi punido hoje com três meses de suspensão por "falsas declarações e fraudes" respeitantes à sua idade e nome, enquanto o FC Porto foi ilibado pela Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional no mesmo caso.

A Comissão Disciplinar arquivou o inquérito ao clube no que toca à sua responsabilidade jurídico-disciplinar em face da documentação entregue à Liga no acto de inscrição do futebolista, enquanto o jovem internacional brasileiro, que já cumpriu 45 dias em termos de suspensão preventiva, foi ainda multado em 1250 euros.

Em causa está uma diferença de dois anos em relação à sua idade: nasceu a 9 de Novembro de 1985, mas a documentação oriunda da Confederação Brasileira de Futebol indicava 19 de Dezembro de 1987, o que lhe permitiu representar, ilegalmente, a selecção brasileira no mundial sub-20. Além disso, verificava-se a alteração de um nome, sendo que o verdadeiro, George, deu lugar a Luiz, completado com Leandro Abreu de Lima.

Face à documentação falsa, Leandro Lima incorria em suspensão de dois a seis meses e multa de 625 a 2500 euros.

Já o FC Porto, por utilizar um jogador que não cumpria as condições regulamentares, incorria na pena de "derrota, subtracção de três pontos e multa de 2500 a 10.000 euros" em prova por pontos, enquanto em competições a eliminar se mantinha a sanção pecuniária complementada com a eliminação.

Segundo o acórdão publicado pela Comissão Disciplinar, a decisão teve em conta que o atleta "confessou" e manifestou "arrependimento", alegando que "nunca teve a intenção ou vontade de prejudicar quem quer que fosse, e que nem sequer existiu por sua parte qualquer intenção dolosa ou consciência de ilicitude que o seu comportamento pudesse configurar".

Em sua defesa, Leandro Lima disse que quando tinha 17 anos foi abordado por um senhor que lhe propôs jogar futebol, impondo-lhe mais tarde documentação alterada para jogar no Real Salvador, clube sem expressão no Brasil. Mais tarde, transferido para o FC Porto, disse que a sua "angústia" aumentou pelo facto de ter mais destaque e subir na carreira: um dia recebeu uma carta anónima com a sua verdadeira identificação e decidiu pôr o clube ao corrente da situação, sendo autorizado a viajar para o Brasil com o intuito de a regularizar.

No acórdão pode ler-se que, com uma data ou outra, Leandro Lima poderia ser inscrito na categoria sénior, mas também realça que o mesmo agiu com "dolo directo" e não se inibiu de entregar ao FC Porto documentação falsa, mesmo sabendo que poderia fazer o clube incorrer em grave infracção disciplinar, "causando-lhe prejuízos significativos".

Quanto ao FC Porto, a CD refere que o clube não tinha conhecimento de "toda a trapalhada" e que foi "claramente vítima desta situação", elogiando a "grande vontade demonstrada em ver esclarecidos todos os elementos", "encetando logo as diligências necessárias a regularizar a situação".

Foto - Leandro Lima com a camisa do Porto

Lá, como cá


Às vezes acontece por aqui de vermos um jogador caminhando para o final de carreira e passando por situações constrangedoras. Veja o caso do ex-palmeirense, ex-coxa, ex-Cruzeiro, Edmilson. Jogador que já obteve relativo sucesso disputando Libertadores e tudo mais e no Campeonato Mineiro de 2009 estava ele assentado no banco de reservas do Rio Branco de Andradas. Jogar no Rio Branco é muito bom. Um clube bem estruturado, sério e que chegou às semifinais do Estadual, o problema é ser dispensado do time e ver que a equipe melhorou bastante quando ele saiu. Na Europa também acontece. Antonio Nuñez, ou, Nuñez que começou a carreira no Real Madri e foi envolvido na negociação de Owen e parou no Liverpool. Lá ele foi campeão da Liga dos Campeões em 2005 e depois foi para o Celta, etc, etc. Nuñez, agora com 30 anos, assinou transferência para o Apollon Limassol de Chipre.
Que situação!

Foto : Antonio Nuñez com a camisa Red

Corrêa no Galo


Semana passada o presidente Alexandre Kalil anunciou a volta do lateral Coelho e hoje o Atlético anunciou o volante Corrêa. Lembro do Corrêa jogando pelo Palmeiras como um segundo volante com qualidade para sair para o jogo. Outra característica é a batida na bola, tanto com bola rolando como também nas cobranças de faltas. Trata-se de um bom jogador que pode ajudar o clube. A posição de volante atualmente é uma das mais carentes no Galo. Jonílson, Renan, Serginho, Carlos Alberto e Márcio Araújo são da posição. Evandro chegou a ser recuado no Palmeiras, mas a torcida não gostava. Como Carlos Alberto é titular na lateral direita e Márcio Araújo e Serginho estão machucados a contratação era para ontem.

Foto - Gilberto Marques/ Lancepress

Ele sabe o que fala


Os erros de arbitragens estão cada vez piores e acontecendo com maior frequência. Os erros do empate entre Corinthians e Botafogo foram irritantes e repetitivos, frutos de inexperiência, ou imaturidade, ou falta de boa técnica, ou preparo físico, enfim, não tem como determinar que seja esse ou outro fator, podem ser todos ou, ainda, outros. O que não podemos é matar um árbitro e fazer dele um mártir. Devemos cobrar maior carga de treinamento físico, teórico e talvez, efetivamente, transformar em profissão. O que me intriga é ouvir o ex-árbitro José Roberto Wright falar que os árbitros não são preparados e citar o exemplo do árbitro Ricardo Marques que recebeu o escudo Fifa e, segundo Wright, teria começado a pensar que é o tal. Ora! O mestre Wright agora está lendo até o pensamento dos árbitros? Ele leu que o árbitro Ricardo Marques pensou que era o tal por ser da Fifa! Depois dessa até lembrei de uma tal espada que dava o poder da visão além do alcance...

Globo Esportivo

Amanhã é dia de Globo Esportivo na Faculdade Pitágoras.
A experiência é muito legal. O contato dos alunos com o sonho é gratificante. É quase que inevitável o repensar. Quando deparamos com o brilho nos olhos somos convidados a olhar para o que temos feito. Ainda não perdi a sensibilidade e acredito que ela seja a grande mola, não só para a profissão.

Aprendendo com quem já errou


Recentemente gravei uma entrevista para a Rádio Globo com o artilheiro do Brasileiro de 99, Guilherme. O bate papo foi tranquilo sereno e interrompido pelo choro do filho recém nascido que o papai Guilherme cuidava. Com a experiência de quem já jogou nos principais clubes de Minas, Guilherme destacou a fase do início do campeonato de Diego Tardelli, rasgou elogios ao técnico Celso Roth e soltou uma frase que eu gostei muito. Em uma das perguntas eu disse que sempre achei que ele tinha a noção exata dos limites técnicos e físicos. Prontamente ele concordou e explicou que por saber que o drible não era seu forte, aperfeiçoou o chute e o posicionamento. A frase que ficou mais marcada na conversa foi mais ou menos assim: "o problema é que tem muito jogador que cha que joga mais do que realmente joga". Fantástico e simples! É o que mais nós percebemos. Quer exemplos? Welton Felipe. O zagueirão atleticano é destaque em desarmes no Brasileirão, no entanto, às vezes ele acredita que saltar para cortar uma bola é trabalho muito penoso para a "técnica apurada" dele. Outras vezes o chutão é a única possibilidade de cortar a jogada, mas, brilhantemente, ele tenta o corte cirúrgico e perde a bola e dá o gol ao adversário. Quer mais exemplo? Quantas vezes Diego Tardelli entrou na área adversária no jogo contra o Grêmio? Quantas vezes ele deu algum "calor" ao sistema defensivo gremista? Talvez se houvesse menos brilho e mais prática as respostas poderiam ser diferentes de um "nem me lembro".
Por outro lado, no Mineirão brilhou a estrela do atacante, esforçado e prático, cruzeirense Wellington Paulista. Ele fez três gols e mostrou muita luta e suor. Foi recompensado. A luta pela posição na frente do ataque azul vai intensificar, já que Guerrón estreou, e quem faz três gols deve merecer atenção do treinador. Só é preciso ter cuidado com o ego, a vaidade. Não pode o atacante azul cair no erro de acreditar demais nele mesmo, como nos casos de Welton Felipe e Diego Tardelli.
Wellington Paulista não deve acreditar que, de um dia para o outro, ele virou Usain Bolt!

Foto- Wellington Paulista, site Yahoo

domingo, 23 de agosto de 2009

Em busca de um zagueiro


Com apenas Alex Bruno, Werley, Welton Felipe e Tiago Cardoso como opções para a zaga, o Atlético está procurando mais um zagueiro. O uruguaio Jonathan Píriz, de 22 anos, chegou a vir a Belo Horizonte e fez exames e só não assinou pois os empresários e o Peñarol não chegaram a um acordo e, a princípio, ele não vem mais.
O zagueiro Marcos, que já foi capitão da equipe, tem problemas sérios de contusão e, de acordo com o prórpio presidente Alexandre Kalil, não deve jogar mais com a camisa do Galo.


Foto: Jonathan Píriz

Ronaldinho Gaúcho


O Milan venceu na estreia do Italiano, com dois gols de Pato e uma atuação elogiável de Ronaldinho Gaúcho. Sim, Ronaldinho Gaúcho! Como a imagem de craque que ainda está ligada a ele, retorna o sonho de ver Ronaldinho Gaúcho ser o que era para ele ter sido. Ronaldinho não tem um histórico de contusões e infelizmente tem, hoje, a imagem ligada às noitadas e muita farra. Participando do debate na Rádio Globo, no programa Enquanto a Bola não rola, o que percebi é os outros debatedores querem acreditar em uma volta dele, mas a desconfiança é grande.

Foto: Ronaldo em mais foto nas baladas

sábado, 22 de agosto de 2009

Kleber não joga

O atacante Kleber não entra em campo contra o Náutico, amanhã. O Cruzeiro novamente tem que mudar o ataque para enfrentar um adversário em casa. Quando não é por suspensão é por contusão. A ausência de um pode proporcionar a estreia de outro. O equatoriano Guerrón pode ser a opção de velocidade para o jogo. Como a janela do mercado europeu está quase fechando, pode ter sido a última chance de ver Kleber jogando com a camisa do Cruzeiro. Será?

Sai no SUPER amanhã

Antecipando a coluna do SUPER de domingo.

Pintou o campeão
O time está escalado: Departamento Médico no gol; Marketing, Histórico de títulos e Planejamento na zaga; Fisiologia, Recuperação de jogadores, Visibilidade, Visão de mercado e Organização; o ataque entra com Salário e Elenco. Com esse time o São Paulo tem tudo para ser o campeão brasileiro de 2010. Mas, não erra o tricolor? Claro que erra! E quando erra entra em campo o fator de decisão, os outros erram mais. É incrível que nos últimos 12 pontos disputados o Palmeiras, líder, tenha conquistado apenas três. O mais incrível é que nos últimos 21 pontos disputados o São Paulo conquistou 21. Eu sei que ainda tem o returno inteiro a ser disputado, mas do jeito estão as coisas o Tricolor caminha para o título novamente. A sensação que dá éque os outros 19 times disputam o campeonato e o São Paulo luta contra ele mesmo. Quero deixar bem claro que não sou torcedor do tricolor paulista, mas não posso fechar os olhos para o que está acontecendo. Nos últimos anos os títulos vinham com um futebol feio e objetivo. No atual campeonato o time tem jogado bem mais bonito, procurando fazer a bola girar e aproveitando toda a qualidade técnica individual do elenco. Já que não tem como lutar contra, resta então aprender com eles.

“ Mas, não erra o tricolor? Claro que erra! E quando erra entra em campo o fator de decisão, os outros erram mais.”
Cruzeiro- A boa vitória no Maracanã dá um ânimo novo ao time. A situação na tabela ainda incomoda, no entanto, agora a luta passa a ser por algo diferente de livrar do rebaixamento. Ainda é pouco e mesmo assim o time não pode bobear. No jogo de hoje, o Náutico deve jogar fechado e vai dificultar muito a conquista dos três pontos. É importante ter paciência.
Atlético- Muito difícil ganhar do Grêmio no Olímpico, mas o futebol jogado pelos gaúchos está longe de ser convincente. É possível! Para ganhar é necessário ter uma postura de quem vai para vencer. A postura do Atlético nos jogos contra o Flamengo fora e contra o Corinthians, em São Paulo, foi de um time que não vai a lugar algum.
Rentería- Gostei do que vi no jogo contra o Avaí. Muita movimentação, bom toque de bola, bom domínio, várias jogadas de pivô e boas batidas em gol. Pesou o condicionamento físico que chega com o passar do tempo. O colombiano vai dar alegrias ao torcedor do Atlético. Outro lado que deve ser comentado é que a contratação soma e não deixa ninguém relaxar.
Adriano- O Imperador está de volta! As qualidades são inegáveis, no entanto, o fator que mais deve ter contribuído para a convocação dele é que o jogo é contra a Argentina, fora de casa. O histórico de jogos do Adriano contra os hermanos é altamente positivo e ninguém esquece do gol no último lance da partida, pela Copa América.Tomara que a cabeça fique no lugar.

O lateral que muda o jogo


O site do Liverpool já publicou que Fábio Aurélio já está treinando com bola. É verdade que ele ainda não está com o grupo, no entanto, o técnico Rafa Benitez disse que acompanhou de perto o treinamento dele e acredita em um retorno rápido de Fábio. Atualmente, sem Fábio Aurélio, quem joga pela esquerda é o jovem argentino Insua, que tem potencial, mas ainda não é do nível dos outros.
Fábio Aurélio pode muito bem ser avaliado pelo técnico Dunga, na Seleção. Ele é mais marcador que os outros e tem a qualidade da bola longa. Bom! Isso é para quem variar taticamente uma partida, não tenho ideia se o treinador brasileiro pode ou quer fazer isso em um jogo ou outro.

Foto - Site Liverpoolfc.com

Argentina convocada


Saiu a lista de Diego Maradona para encarar o Brasil.
Alguém tem coragem de falar que o time é fraco?
Goleiros: Juan Pablo Carrizo (Zaragoza, ESP), Mariano Andújar (Catania, ITA) e Sergio Romero (AZ Alkmaar, HOL).

Zagueiros: Javier Zanetti (Inter, ITA), Nicolás Pareja (Espanyol, ESP), Fabricio Coloccini (Newcastle, GBR), Gabriel Heinze (Olympique de Marselha, FRA) e Nicolás Burdisso (Inter, ITA).

Meio-campistas: Fernando Gago (Real Madrid, ESP), Javier Mascherano (Liverpool, GBR), Maxi Rodríguez (Atlético Madri, ESP), Jesús Dátolo (Napoli, ITA) e Jonás Gutiérrez (Newcastle, GBR).

Atacantes: Carlos Tévez (Manchester City, GBR), Lionel Messi (Barcelona, ESP), Sergio Agüero (Atlético de Madri, ESP), Diego Milito (Inter, ITA), Lisandro López (Olympique Lyon, FRA) e Ezequiel Lavezzi (Napoli, ITA).

Você pode não gostar de um nome ou de outro, mas dá para montar um belo time.
Lisandro López ( foto) é um atacante comum, contudo, os números dele ano passado pelo Porto e até agora que chegou no Lyon são bons.

Velinha, velhinho e "véi"!


Velinha para o velhinho Vasco da Gama que comemora 111 anos. A história é riquíssima e, em muito time o da Colina contribuiu para o futebol brasileiro. É uma pena que a mancha que Eurico Miranda colocou afastou muitos torcedores e inibiu a formação de uma geração de vascaínos.
O Vasco foi base da Seleção de 50 e ganhou tudo que pode ganhar naquela época com o chamado "Expresso da Vitória". Lamentável estar na segunda divisão, mas mereceu cair e está se reerguendo.
Outro que pode comemorar hoje é o "véi" Marcelo Ramos. O palco é o melhor possível e lá, Marcelo pode chegar ao gol 450 da carreira, só falta um.
Não será fácil!!! Clima de festa, time bem treinado pelo Dorival, possibilidade de liderança e árbitro totalmente inexpressivo. Quem é o senhor João Alberto Gomes Duarte?
Parabéns ao Vasco! Time que tem um dos hinos mais bonitos do futebol brasileiro e que não canso de assobiar.
Que, ao final de 2009, a torcida volte a ficar bem feliz, "norte a sul, norte a sul do meu país..."

Foto: O Expresso da Vitória- Site do Vasco

Palpites do Brasileirão


Corinthians x Botafogo
Corinthians- Apesar de saber que os desfalques são muitos e que o Botafogo joga melhor fora de casa, acredito na superioridade técnica e na química entre técnico e grupo de jogadores.

Palmeiras x Inter
Empate- Dois times instáveis, insconstantes. A vantagem do mando de campo diminui um pouco pelo fato de o Inter ter perdido a última e ter que se concentrar muito para a partida.


Santo André x Coritiba
Coritiba- Sempre falei que não achava o elenco coxa tão fraco assim. Vai pegar um Santo André acreditando e atacando e deve surpreender nos contra-ataques.

Atlético PR x São Paulo
São Paulo- Não vai ser fácil! Pressão, campo cheio, mas... Dá Tricolor! É melhor e tem jogado bem. Assume a liderança.

Grêmio x Atlético
Empate- O Grêmio muda muito o time. Túlio pela direita e Tcheco recuado para jogar com Adilson, quase uma linha no meio. A criação toda fica com o Souza, que poode desequilibrar, mas deve ser marcado pelo Jonílson, que marca bem. Preocupa a arbitragem com Wilson de Souza Mendonça.

Fluminense x Barueri
Barueri- Quando parece que chegou ao fim do poço... Jogo típico para o Barueri. Adversário desesperado e atacanto feito louco. Dá Barueri nos contra-ataques.

Goiás x Santos
Empate- O Goiás perdeu fora de casa e tem que se mandar. O Santos tem feito um forte bloqueio no meio e tem velocidade para atacar.

Sport x Vitória
Sport- Caminhando forte rumo à segundona o Sport sabe que tem que ganhar e vai para o ataque. Não vejo o Vitória com tanta força para segurar o resultado.

Cruzeiro x Náutico
Cruzeiro- Não vai ser tão fácil como aparenta. Todas as vezes que o Cruzeiro pegou uma defesa muito forte o time se desesperou e acabou perdendo jogadores por expulsão, entretanto, a provável estreia de Guerron e a motivação podem fazer resultado.

Avaí x Flamengo
Avaí- O Flamengo sente a obrigação de atacar e o Avaí é muito bem treinado pelo Silas. Defende bem e ataca bem com Muriqui, que está jigando muita bola.

Destaque da rodada é o São Paulo que a pode assumir a ponta.
Foto: Editora Abril - Técnico Ricardo Gomes

Palpites do Inglês


Arsenal x Portsmouth
Arsenal- O começo arrasador tende a continuar. O time é leve e deve encontrar um adversário que proporcione poucos espaços, aí prevalece a técnica individual. Dá gunner.

Birmingham x Stoke
Empate- Jogo que tem tudo para ser feio. O Birminghan é pesado, no entanto, conto com o apoio do torcedor pela volta à primeira. O Stoke tem o perigo do arremesso lateral de Rory Delap* (é uma loucura!).

Hull x Bolton
Hull- Tem que provar e começar a jogar. O início arrasador da temporada passada foi o que manteve o Hull na primeira, se continuar perdendo inevitavelmente cairá cquando começarem as chuvas e os campos pesados.

Manchester City x Wolverhampton
Manchester City- Contra a minha vontade de ver o dinheiro estranho afastado do futebol, dá City. É muito melhor que os lobos de Robert Plant.

Sunderland x Blackburn
Empate- O jogo dos times simpáticos. O Sunderland perdeu de 3 para o Chelsea e tem que se recuperar, pega o Blackburn que não mais o mesmo há algum tempo.

Wigan x Manchester United
Wigan- Zebra! O Wigan precisa da recuperação e o Manchester também, entretanto, a pressão é toda em cima dos red devils. Dá Wigan!

West Ham x Tottenham
Empate- O Tottenham é melhor, no entanto, este jogo tem história e a torcida do West Ham vai fazer pressão.

Burnely x Everton
Burnley- O caçula da Premier League surpreendeu e vai lotar o estádio. Pobre Everton! Que além de tudo teve o zagueiro da seleção Lescott afastado por estar envolvido em negociações.

Fulham x Chelsea
Fulham- Clássico londrino. Ano passado o Fulham só não ganhou do Liverpool, dos grandes. Faz valeu o mando de campo e o Chelsea vai para o jogo.

Liverpool x Aston Villa
Liverpool- Em Anfield dá Reds. O time de Rafa Benitez é melhor e está buscando o aperfeiçoar o novo meio de campo. Vai ganhar com Glen Jonhson jogando muito pela direita.

Foto: Site ig. *Lateral batido por Rory Delap, Stoke City

Chegou a hora da macarronada


O campeonato italiano começa hoje. O brilho até que é o mesmo, muito em função da tradição de um torneio que já foi o melhor. Alguns grandes craques ainda estão por lá, no entanto, Ibrahimovic e Kaká se foram. Favorito? Inter, mas acredito na Juventos que tem um bom time. O grande candidato a decepção do ano é o Milan.
Os participantes são:
Atalanta, Bari, Bologna, Cagliari, Catania, Chievo, Fiorentina, Genoa, Inter, Juventus, Lazio, Livorno, Milan, Napoli, Palermo, Parma, Roma, Sampdoria, Siena e Udinese.
A Juventus é a grande campeã do torneio com 27 conquistas. Segue a lista de títulos:
Juventus 27
Inter 17
Milan 17
Genoa 9
Torino 7
Bologna 7
Pro-Vercelli 7
Roma 3
Napoli 2
Fiorentina 2
Lazio 2
Cagliari 1
Sampdoria
Verona 1
Novese 1
Casale 1

Com sete títulos está a Pro-Vercelli, campeã em 1908, 1909, 1910/11,11/12,12/13/,20/21 e 21/22. Fundada em 1892 a Unione Sportiva Pro Vercelli Calcio 1892 aproveitou de vários problemas dos seus concorrentes, na era do amadorismo, e saiu da segunda divisão e no mesmo ano foi campeão também da primeira. Mas o sucesso não foi por acaso, tanto que o time conquistou 7 títulos para depois cair no esquecimento. Atualmente disputa o que poderia ser chamado de a quarta divisão do futebol italiano, Série c-2.

De volta aos holofotes está o Livorno. Associazione Sportivo Livorno Calcio, fundada em 1915. Time ideológico e muitas vezes perseguido pelos fascistas.
Jogos da primeira rodada
Bologna x Fiorentina
Siena x Milan
Inter x Bari
Catania x Sampdoria
Genoa x Roma
Juventus x Chievo
Lazio x Atalanta
Livorno x Cagliari
Palermo x Napoli
Udinese x Parma

Foto da torcida do Livorno. Extraída do dite oficial do Livorno.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Coelho no Galo

O Atlético anunciou o retorno do lateral Coelho. Retorno ou reretorno? A primeira passagem dele foi boa. Com Coelho o Galo conquistou um título estadual e seguiu de forma razoável no Brasileiro. A segunda passagem foi marcada pela falta e expulsão no lance do Kerlon. Coelho, em forma, pode ajudar.

Sai amanhã em O TEMPO


Adiantando a coluna de amanhã no Jornal O Tempo.


Agora é com Adriana Branco (e preto)
Não é nossa função ficar especulando quais motivos que levaram Bebeto de Freitas a pedir para sair do Atlético. Adianta muito pouco achar algo nas entrelinhas das últimas entrevistas. O que importa é que ele saiu. Bebeto tem boa imagem no futebol. É certo que o Botafogo não era exemplo em pagar salários em dia, entretanto, antes de Bebeto, o time da Estrela Solitária mal tinha lugar para treinar e agora, por lá, a casa está bem melhor arrumada. Desejo paz ao ex-Diretor alvinegro, e o Galo? Como vai se arrumar? Adriana Branco já demonstrou o amor que dedica ao clube. Já mostrou competência também, só que os novos desafios são muito grandes. O primeiro deles é trabalhar sabendo que o mundo do futebol é machista. Muitos vão dizer que futebol é pra homem, blá, blá, blá. Outro desafio vem da função. Como tornar a instituição e a marca Atlético ainda mais fortes? Como trazer um parceiro que acrescente e que pense para frente, para o alto? Adriana vai precisar de tempo e paz. O tempo não tem como mudar, ele passa independente da nossa vontade. Já a paz está intimamente ligada aos resultados e ao humor do mercado e da torcida.

Sport- Antes de o campeonato começar cheguei a apontar o time de Recife como um dos que poderiam brigar por vaga na Libertadores. Achava o elenco razoável, no entanto, as boas campanhas do início do ano e o comando forte do técnico Nelsinho Batista me davam motivos para acreditar no Sport. Que mudança! Os técnicos foram saindo e o time virou um saco de pancadas.
Título- A principal meta do América foi alcançada, o título é a recompensa pelo bom trabalho. É comum muito time chegar e não conseguir se manter. É importante trabalhar com os pés no chão e não deixar o fascínio de chegar rápido na Primeira falar mais alto. Vale a pena juntar caixa, atrair patrocinadores e fortalecer o grupo para quando chegar na A, chegar para ficar.
Maré- Sempre falamos que era importante ter elenco, mas não precisava exagerar! Impressionante o que aconteceu com a posição de goleiro no Atlético. Aranha machuca e sobra para o Bruno. A torcida esperava ver Renan Ribeiro, no entanto, o promissor goleiro também estava no DM. Ainda não acabou! Bruno jogou menos de um jogo e meio e deu oportunidade ao Edson. Incrível!
Jonathan- O lateral do Cruzeiro era muito criticado pela torcida, hoje é difícil ver o Cruzeiro jogar sem ele. A contusão deixa um vazio no setor e obriga o treinador a deslocar alguém pela direita. Jonathan tem desenvolvido muita qualidade na batida a gol. Já fez gols importantes assim e preocupa a marcação adversária. Sem dúvida alguma ele vai fazer falta.

Porco à paraguaia

O questionamento que mais ouço em relação ao Atlético é se o Galo é mais um típico caso de cavalo paraguaio. Normalmente, procuro levar o torcedor angustiado a pensar se o posicionamento na tabela era o que ele esperava, a resposta sempre é não. A expectativa era muito pior e o time está muito bem, em vista do que poderia ter sido. O que me incomoda profundamente é que ninguém pergunta se o Palmeiras não é um caso típico de porco paraguaio. Alguém até poderia me lembrar que o Palmeiras ainda é o líder da competição, o que é verdade, no entanto, não vence desde 01 de agosto, quando derrotou o Sport, em Recife. Depois o Palmeiras empatou com o Grêmio, em casa. Veio a BH e, novamente, empatou com o Galo. Enfrentou o Botafogo, em casa, e não passou de um empate em 1 a 1, e agora perdeu para o Coritiba, no Paraná. Tais resultados não fazem do porco um paraguaio, apenas dão ao São Paulo a grande chance de encostar e de mostrar que faltou competência a todos os outros clubes do Brasil. Parece que, de novo, vai dar tricolor.

Abaixo segue uma gostosa receita de Porco à Paraguaia

Primeiro passo é preparar o tempero. Confira os ingredientes:

2 litros de água
2 cabeças de alho
1 maço de alecrim
1 maço de cebolinha verde
30 limões
1 litro de vinho branco seco
1 quilo de sal para 30 quilos de carne

Primeiro amasse o alho. Pique o alecrim. Depois a cebolinha. Esprema os limões. Misture tudo ao caldo. Acrescente água, o vinho branco e, por último, coloque sal a gosto.

O ideal é que o tempero fique reservado durante 6 horas na geladeira. Depois de coado aí sim está pronto. Ele usa uma pistola que facilita bastante o trabalho. Mas você aí de casa deve perguntar; não tem uma outra alternativa? Uma seringa comum é uma outra alternativa.

O suíno agora está temperado e vai para o fogo. Numa churrasqueira simples, feita de tijolos, o porco pode ser assado.

História

O prato surgiu na Guerra do Paraguai, em 1864, quando as tropas de Solano Lopes invadiram o Brasil. O Porco à Paraguaia passou por adaptações no sul do país. As famílias usaram temperos fortes e limão. Aos poucos a receita foi levada por gaúchos, paranaenses e catarinenses para outros estados.

De volta ao nosso suíno, feito em Mato Grosso, veja o resultado de 6 horas na brasa. O couro fica do jeito que todo mundo quer. Com aquela pururuca.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Guerrón e mais dois


Adilson já falou que gostaria de ver o time jogar com três atacantes. Dois mais abertos, como pontas modernos e um mais centralizado. É possível! O Liverpool jogou o ano passado inteiro assim e só perdeu 5 vezes em todos os campeonatos que disputou. O que fazia o técnico Rafa Benitez? Rafa utlizava Torres centralizado e Kuyt e Riera abertos, o holandês pela direita e o espanhol pela esquerda. Uma determinação era bem clara: sem a bola os dois eram laterais e os laterais fechavam uma linha de quatro zagueiros. Será assim o Cruzeiro de Adilson com Guerrón em campo? O equatoriano vai e volta com muita facilidade, sabe voltar e sabe fechar o meio. Se o técnico vai mesmo utilizar os pontas, é certo que ele será o titular. Alguém poderá lembrar que Kleber é titular e é insubstituível, é verdade. Mas, até quando? Será que ele não vai fechar a janela? Kleber é goleador, no entanto, gosto muito quando ele sai da área e ajuda na craição de jogadas. É uma pena que amanhã, no Maracanã,Guerrón não vai jogar. Seria muito interessante ver o início de uma iomplantação de esquema em um campo largo e fora de casa, para ver a recomposição.

Burnley?

Ainda não vi o jogo, mas já sei que o Manchester United conseguiu a façanha de perder para o Burnley! O jogo foi 1 a 0, fora de casa. O belo resultado quem conquistou foi o Tottenham, bateu o Hull por 5 a 1, fora de casa e chegou aos 6 pontos.

Liverpool sem Xabi Alonso


É estranho ver o meio de campo sem a camisa 14. Xabi sempre foi um dos meus preferidos, tenho até camisa dele. O fato é que o meio agora é outro, e, de certa forma, o time é outro. Quem acostumou a ver a formação com Reina, Arbeloa, Carragher, Skrtel e Fábio Aurélio; Mascherano, Xabi Alonso e Gerrard; Kuyt, Torres e Riera, agora vê um time diferente com a seguinte formação: Reina, Glen Jonhson, Carragher, Ayala e Insua; Mascherano, Lucas, Gerrard e Benayoun; Kuyt e Torres. Óbvio que Skrtel e Agger vão brigar pela posição do Ayala e que Fábio Aurélio assumirá a posição do Insua, no mais, a formação de meio é diferente. A opção por Benayoun, na minha opinião é correta. Riera é boa opção pela esquerda, mas sem Xabi, falta alguém para jogar com Gerrard e o israelense Yossi Benayoun faz melhor a função e se aproxima mais. O estilo do time mudou. Agora o Liverpool erra mais passes, falta a qualidade de Xabi, no entanto, agora os reds roubam mais a bola. Lucas e Mascherano estiveram bem na goleada de 4 a 0 em cima do Stoke, mas será que a vaga é do Lucas ou do Aquilani, quando puder estrear? Dois imensos destaques na partida. Gerrard como sempre genial! Glen Jonhson também foi fantástico na direita. Gostei do que vi!
Foto Glen Jonhson site do Liverpool

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Ali Baba e os quarenta ladrões


Acabei de ouvir a entrevista do presidente do Villa Nova concedida ao repórtes João Vitor Xavier da Rádio Itatiaia. Entre contratações e problemas para ressureição do clube ouvi uma que quase caí. O Villa tinha 40 funcionários fantasmas e alguns funcionários "de carne e osso" estão sem receber salário há um ano.
Não sei o que é pior! Ter 40 funcionários fantasmas ou saber que tinham 40 fantasmas e não resolver judicialmente a situação.

Gripe Suína


É um assunto chato! Entretanto, fico aqui pensando na decisão do Comitê Municipal de Enfrentamento à Influenza A, de Uberlândia, que determinou que o jogo decisivo contra o Araguaia(MT) fosse disputado com portões fechados. Será que está certo? Eu sei que com saúde não se brinca, que carregar o peso de um contágio maior é pesado, enfim... mas fico eu pensando, e os shoppings? E aeroporto? Alguém pode até lembrar que um importante festival de músicas foi adiado, tudo bem! Não poderia o Comitê brigar por condições mínimas como máscaras, alcool gel, higiene...

Foto - Eu no Parque do Sabiá. Naquele dia fui técnico em um amistoso entre Pardais x Quero-queros.

Palpites

Vigésima rodada, muito conhecida também como a primeira do returno.

São Paulo x Fluminense
São Paulo- Acho até que não será fácil, o Flu vai endurecer o jogo e marcar muito, entretanto é o São Paulo cheio de confiança.

Santos x Grêmio
Santos- Wanderley já percebeu que o Santos deve ser um time de pegada, vai marcar e deve vencer. O Grêmio faz camapnha fraca fora de casa e já sente que precisa provar jogando fora, se sair pro jogo...

Barueri x Sport
Empate- Humilhado por tudo e por todos o Sport vai tentar segurar o resultado e pode conseguir. Em algum momento do caminho o time se perdeu, mas não pode ter perdido tudo que já soube jogar. O Barueri se viu envolvido em escândalos e perdeu Fernandinho, acho que acabou a boa fase.

Coritiba x Palmeiras
Coritiba- Motivado e mais concentrado, a sensação que dá é que o Coxa vai partir com tudo pra cima nos minutos iniciais e o Palmeiras não tem Marcos e Diego Souza. Dá Coxa!

Inter x Corinthians
Inter- Se tem alguém mais motivado que o São Paulo é o Inter. Tite conseguiu afastar o facão da demissão e o time está em mais um bom momento. O Corinthians venceu na última rodada e aliviou a tensão. Outro ponto importante é que o Inter tem o Corinthians engasgado e vai para cima.

Flamengo x Cruzeiro
Empate- O Flamengo tem que se recuperar da goleada sofrida contra o Grêmio, no entanto se abrir espaços pode dar oportunidade para o contra-ataque. Jonathan não jogo o que pode dificultar a vida pela direita, acredito na entrada do Soares para correr pelo setor.

Vitória x Atlético PR
Empate- Não confio em nenhum dos dois. O Vitória é uma correria louca pela direita e o Atlético é um time em êxtase. Jogo típico para os dois caírem na real e encararem um 0 a 0.

Náutico x Goiás
Náutico- O time de Geninho vem em recuperação e o Goiás é bom e confiante quando joga fora, mas joga em uma escada chamada Aflitos e lá a bola não rola. O meio mais técnico perde para a pegada.

Atlético x Avaí
Atlético- Jogo encarado pela comissão técnica e grupo de jogadores como jogo decisivo para apontar qual a caminhada da equipe no segundo turno. O Avaí é um bo time que segue sem perder, mas a torcida empurra o Galo para cima e estreia o colombiano Renteria.

Botafogo x santo André
Botafogo- O Santo André, aos poucos, vai desvobrindo o seu caminho e o Fogão vive a euforia da mudança de comando técnico. Dá Fogão.

Presidente na arquibancada


“Vamos fazer um sacrifício. Cabe ao presidente dar uma chance ao clube de chegar. Essa chance eu quero dar ao Atlético este ano. O ano que vem, provavelmente, eu venda, porque tenho que viabilizar o Atlético para o fim do meu mandato. Mas, este ano, eu ainda não desci da arquibancada. Quero ficar lá e dar uma oportunidade para que o Atlético brigue para ser campeão”.
A entrevista foi dada hoje pelo presidente do Atlético, Alexandre Kalil.O ponto que mais chama a atenção não é que Tardelli deve ficar, e sim que o presidente quer dar uma oportunidade ao clube. Alguns podem chamar de "jogar para a galera", outros podem afirmar que é preciso trabalhar menos com o coração e mais com a razão, na minha opinião a medida é acertada. Vender Diego Tardelli pode signifivar uma queda de produção da equipe? Não necessariamente, mas pelo tamanho do elenco, acredito que o time perca bastante. Caso Tardelli fique é certo que haverá uma maior valorização se vier uma vaga para a Libertadores. Não é fácil, no entanto, acho que agiu corretamente o presidente alvinegro.

O novo meio do Galo


O Atlético começou a disputa do campeonato brasileiro utilizando um esquema com três zagueiros. Leandro Almeida, Werley e Welton Felipe formaram o trio e o Avaí fez 2 a 0. O técnico mudou o esquema no segundo tempo e o Galo empatou. O esquema com três zagueiros foi utilizado ainda contra o São Paulo (vitória por 2 a 0) e Corinthians ( derrota por 2 a 0), além de outras partidas em alterações naturais de jogo. Nos outros jogos todos o esquema foi o 4-4-2, ou 4-3-1-2. O um, normalmente, foi feito pelo Júnior. A boa sequência do início do torneio, que levou o Galo a liderança e a ser o último invícto da competição, tinha como formação de meio Renan, Jonílson, Márcio Araújo e Júnior. Júnior apenas não jogou na partida contra o Santos, naquela oportunidade Evandro fez o 10. O segredo da bela campanha inicial era uma marcação forte e Márcio Araújo e Júnior dividindo a responsabilidade na armação. Márcio também recompunha bem e saía com qualidade pela direita com Carlos Alberto.
A primeira derrota surgiu com o Barueri. Naquele jogo Júnior foi lateral e Thiago Feltri foi barrado. Durante a partida, Thiago entrou e o Galo chegou a empatar o jogo. Outro tropeço na insitência com Júnior na lateral foi contra o Botafogo, 1 a 1, em casa. Contra o São Paulo Serginho entrou no time e o Galo foi muito bem. Contra o Vitória, Serginho foi banco e voltou a ser titular com a contusão do Carlos Alberto. Márcio Araújo foi deslocado para a lateral e Serginho foi efetivado no meio. A contusão de Márcio Araújo foi no jogo contra o Flamengo e sempre o time tentou jogar com a mesma formação tática no meio. Agora não! Serginho vai ficar parado pelo menos um mês e Márcio Araújo ainda está no DM, o que fará o treinador? Fatalmente o esquema será mudado. sai o losango no meio e entra o quadrado. Serão dois volantes e dois meias. Vai dar certo?

Foto Yahoo

Bebeto sai do Galo

O diretor Bebeto de Freitas saiu do Galo.
Segue a nota oficial assinada pelo presidente Alexandre Kalil.


Informo, com muito pesar, que Bebeto de Freitas não é mais Diretor-Executivo
do Atlético. No fim da última semana, fui procurado por ele, e comunicado
que, por questões pessoais, ele não poderia dar continuidade ao trabalho
no Clube. Mesmo lamentando sua saída, entendi a necessidade de seu
afastamento neste momento.

No período em que exerceu o cargo de Diretor-Executivo, Bebeto o fez com muita dedicação e seriedade. Fiz questão de ressaltar que as portas do Galo sempre estarão abertas, não só para o competente profissional, mas para o amigo Bebeto.

Informo, ainda, que a Diretoria Executiva ficará a cargo de Adriana Branco, que estava à frente da agora extinta Diretoria de Relações Institucionais.

Alexandre Kalil
Presidente

Marques é candidato


No dia 10 de setembro, às 10 horas, na Assembléia Legislativa de Minas Gerais o jogador Marques assina a filiação ao PTB. O objetivo é sair candidato ao cargo de Deputado Estadual na próxima eleição.
Um dos projetos de Marques é a regulamentação da profissão de monitor de futebol. Se dizendo preocupado com o ex-jogador de futebol, Marques trabalhou em um projeto que proporcionará ao ex-atleta, que já assinou 3 contratos consecutivos ou 5 alternados na carreira, exercer a profissão de monitor de futebol.
Afastado dos gramados desde o final da temporada de 2008, Marques acredita que estará aos poucos integrado ao grupo de jogadores do Atlético para a disputa do Brasileiro.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Os goleiros Fábio e Felipe

É óbvio que o que motiva o torcedor é o gol. Ele traz a vibração maior. Um drible, um chutaço, uma jogada bonita, tudo isso é muito bom, entretanto, um gol...!
No domingo trabalhei no jogo Cruzeiro 0 x 0 Santos e não teve gol. Eu sei que minha observação é diferente, não é passional, e gostei muito das defesas. Fábio fez algumas muito importantes e mostrou o bom posicionamento de sempre. A surpresa foi Felipe. Lembro que em um Cruzeiro e Santos no Mineirão ele falhou feio em um gol de falta do Gladstone e o que ele mostrou ontem foi muito bom de ser visto. Belas defesas com muito arrojo. Cada um tem sua opinião, mas pra mim a defesa no chute do Jonathan foi a mais bonita.

Verde Esperança


O sonho americano foi conquistado e o Coelho voltará a disputar uma competição de maior expressão nacional. Mais que isso, o caixa volta a ser abastecido e a esperança de dias melhores se torna mais paupável.
Mesmo seo Coelho perdesse (o que seria uma tragédia ) o projeto deveria continuar. Fazia tempo que o América não era respeitado e, com o atual grupo, o Coelho venceu todas em casa.
2010 pode ser ano de voltar a jogar contra times mais fortes, será o ano de ter calendário completo, férias, planejamento, enfim... 2010 terá 365 dias. Em 2006, o ano do América teve cento e poucos dias de competição.
Parabéns, Coelhão!
Parabéns, Guaratinguetá!
Parabéns, Asa!
Parabéns, Icasa!
Passível de lamentação é o caso do Paysandu que novamente não subiu.


Foto Superesportes

Deu no Blog do Juca

O 'sucesso' do Barueri


Como se sabe, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PMDB) é muito religioso, fato aqui demonstrado na semana passada.
Mas não é, no entanto, tão cuidadoso com o dinheiro público, como se poderia desejar de alma tão pretensamente imaculada.
Basta dizer que o Tribunal de Contas de São Paulo condenou-o a devolver aos cofres públicos nada menos do que R$ 15.535.062,32, dinheiro que ele empregou no time de futebol do Grêmio Barueri, em 2006.
Não surpreende, portanto, o "sucesso" da equipe, embora o episódio tenha merecido a seguinte observação do TCE: "A (anotação) mais grave, sequer negada pela beneficiária, refere-se ao desvio de finalidade do recurso público para custear despesas com equipes de futebol profissional (...)".
E segue: "A Egrégia Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (...) decidiu julgar irregulares os repasses da Prefeitura Municipal de Barueri ao Grêmio Recreativo Barueri -- GRB, no exercício de 2006, e a comprovação de despesas, condenando os Responsáveis (Rubens Furlan, prefeito, e Walter Jorquera Sanchez, presidente do clube) ao ressarcimento do erário e suspensão de novos recebimentos pela beneficiária até que seja regularizada sua situação perante este Tribunal".