domingo, 28 de fevereiro de 2010

Obina faz mais três

Depois de conquistar a classificação na Copa do Brasil, o Galo foi pegar o Uberlândia pelo Mineiro.
O início da partida indicava um jogo difícil para as duas equipes. O Atlético era envolvente com a bola no chão e o Verdão usava a velocidade de Paulo Roberto pela esquerda.
Depois que a empolgação dos donos da casa foi embora, o Atlético passou a dominar amplamente a partida.
Aos 21 do primeiro, Obina recebeu de Leandro e fez um belo gol. Saiu o primeiro e o segundo logo depois. Aos 23, Coelho levou a bola para a linha de fundo e cruzou para Obina ampliar.
O terceiro saiu depois de uma jogada inteligente de Diego Tardelli para Muriqui, que recebeu e bateu com calma na saída do goleiro. Assim terminou o primeiro tempo.
O início do segundo foi bem aproveitado pelo Atlético. Logo aos 3 minutos Obina ampliou depois de receber bom cruzamento de Leandro.
Evair, técnico estreante do Uberlândia, deve ter percebido que as jogadas de bolas cruzadas para a área não eram interceptadas pela defesa e que Aranha não saía do gol de jeito nenhum.
Tita, lateral esquerdo, cruzou e novamente a defesa não cortou e Marcelo Régis diminuiu.
Paulo Roberto voltou a correr e deu novo calor na defesa do Galo, mas nem precisava de tanto esforço, já que Aranha se confundiu sozinho e entregou o segundo gol ao mesmo Paulo Roberto.
Luxemburgo mexeu no time e fez Obina descansar. Leandro também deu lugar a Júnior e o lateral cruzou para Carlos Alberto, que havia entrado no lugar de Obina, marcar o quinto gol.
Placar indiscutível, no entanto, algo tem que acontecer no gol alvinegro. Aranha não passa a menor tranquilidade.

4 comentários:

samuel disse...

Como torcedor do galo ha mais de 20 anos, em poucas vezes eu vi um esboco de um time que parece ter potencial para crescer. Muitos dizem que Luxemburgo eh ousado, no entanto, acho apenas que ele eh visionario, basta vermos Jorge Campos. Colocar o que tem de melhor nao eh ousadia. Por isso acredito que o Gol do Galo nao vai ficar como esta. Ainda nao estou iludido, sei que tem muito o que melhorar, mas tenho mais confianca neste time que naquele dirigido pelo Leao que teve um inicio melhor. Abraco e parabens pelo blog.

paulo roberto disse...

Se meu time tivesse conquistado só um título regional desde 2001, ou apenas um campeonato brasileiro lá em 1971, também acharia o máximo ver um atacante fazendo gols num time do Acre e pedindo musiquinha no “Fantástico” depois de vencer o poderosíssimo Uberlândia.

paulo roberto disse...

Se meu time tivesse conquistado só um título regional desde 2001, ou apenas um campeonato brasileiro lá em 1971, também acharia o máximo ver um atacante fazendo gols num time do Acre e pedindo musiquinha no “Fantástico” depois de vencer o poderosíssimo Uberlândia.

Claudinei Souza disse...

Vamos aguardar...