quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Jóbson é mais um

O Cruzeiro anunciou a contratação do bom atacante Jóbson que estava no Botafogo. A torcida já começou a imaginar que poderia ser uma boa pedida, já que, pelo Brasileiro, ele mostrou um bom futebol e marcou gols decisivos. Até que surgiu a notícia de que o jogador foi apanhado no exame anti-doping. O procurador do Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo Schmidt, não falou com todas as letras, mas disse ter informações de que seria cocaína a droga usada. E agora? Conhecendo o Cruzeiro, penso que o negócio será desfeito. É simples. O jogador deve ser punido e o Cruzeiro, que ainda não pagou, alega que não confia no atleta e desfaz o acordo. Mas e o atleta? E o ser humano? Jóbson é apenas mais um. Vários são os exemplos de atletas bem melhores que Jóbson que perderam a batalha contra o vício: Maradona, Gascoine, Garrincha e muitos outros. O momento é para o homem Jóbson e o atleta deve ficar em segundo plano. Tomara que o rapaz tenha um bom apoio e que consiga dar prosseguimento ao futebol. Mas no Cruzeiro? Creio que não.

2 comentários:

Igor sausmikat disse...

exatamente,disse tudo!!!
O problema do Jóbson não só dentro de campo(quando Evaldo José num Botafogo x Náutico lá no Rio disse)mas também fora dele.É bom jogador,mas tem uma cabeça pequena,até mais que muito jogador por aí.Precisa ele ser bem ensinado ou algo assim.Você não acha Mário?
abraço
Igor
meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com/

Pedro Henrique Vieira disse...

Isso mancha o futebol viu Mário.
Mas como você mesmo disse, esse fato não é novidade para ninguém. Jogadores sem disciplina e encantados com tanto dinheiro caem nesse mundo que não leva ninguém a nada, muito pelo contrário. Ainda bem que hoje tem o outro lado, os "atletas de Cristo", os evangélicos, jogadores disciplinados e que não geram problemas disciplinares aos clubes.
Jóbson mostrou ser um bom jogador no Botafogo. Rápido, que dá trabalho para a defesa adversária. Mas às vezes é preciso disciplina para ser um grande jogador. E isso parece que ele não tem. Pode perder a grande chance de sua carreira: jogar no Cruzeiro.
Grande abraço Mário.
Pedro Henrique Vieira
(http://pedrohvs.blogspot.com/)